Conteúdo verificado

Franz Kafka

Assuntos Relacionados: Escritores e críticos

Você sabia ...

Crianças SOS têm produzido uma seleção de artigos da Wikipedia para escolas desde 2005. SOS Children trabalha em 45 países africanos; você pode ajudar uma criança em ?frica ?

Franz Kafka
Um jovem com cabelos escuros e olhos penetrantes
Franz Kafka em 1906
Nascido (1883/07/03) 03 de julho de 1883
Praga , ?ustria-Hungria
Morreu 03 de junho de 1924 (1924/06/03) (com 40 anos)
Kierling perto de Viena, Primeira República da ?ustria
Cidadania ?ustria-Hungria , Tchecoslováquia
Alma mater Universidade Charles-Ferdinand em Praga
Ocupação romancista , conto oficial seguro escritor
Trabalho notável (s)
  • " Die Verwandlung "(" A Metamorfose ")
  • Processo Der (The Trial)
  • " Das Urteil "(" O Julgamento ")
  • Das Schloss (O Castelo)
  • Betrachtung (Contemplação)
  • Ein Hungerkünstler (A Artista da Fome)
  • Briefe um Felice (Cartas a Felice)
Estilo Modernismo
Pais Hermann Kafka
Julie Kafka (nome de nascimento Löwy)
Assinatura Signature.svg de Franz Kafka

Franz Kafka (03 de julho de 1883 - 3 de 1924) era um de língua alemã escritor de romances e contos, considerado pela crítica como um dos mais influentes autores do século 20. Kafka influenciou fortemente gêneros, como o existencialismo . Suas obras, como " Die Verwandlung "(" A Metamorfose "), Processo Der (The Trial), e Das Schloss (O Castelo), são preenchidos com os temas e arquétipos da alienação, a brutalidade física e psicológica, o conflito pai-filho, caracteres em uma missão terrível e transformações místicas.

Kafka nasceu em uma de classe média, de língua alemã judia família em Praga , então parte do Império Austro-Húngaro , e treinado como um advogado. Após completar sua educação jurídica, Kafka obteve emprego com uma companhia de seguros. Ele começou a escrever histórias curtas em seu tempo livre, e para o resto de sua vida se queixaram do pouco tempo que teve para se dedicar ao que ele veio a considerar como sua vocação. Ele também lamentou ter de dedicar tanta atenção à sua Brotberuf ("dia de trabalho", literalmente "trabalho pão"). Kafka preferido para se comunicar por carta; ele escreveu centenas de cartas a familiares e amigos íntimos do sexo feminino, incluindo seu pai, sua noiva Felice Bauer, e sua irmã mais nova Ottla. Ele teve um relacionamento complicado e conturbado com seu pai que teve um grande impacto na sua escrita, e ele estava em conflito sobre sua condição de judeu e senti que tinha pouco a ver com ele, embora debatably influenciou sua escrita.

Apenas algumas das obras de Kafka foram publicadas durante sua vida: as coleções de história Betrachtung (Contemplação) e Ein Landarzt (A Country Doctor), e as histórias individuais (como "Die Verwandlung") em revistas literárias. Ele preparou a coleção de história Ein Hungerkünstler (A Artista da Fome) para impressão, mas não foi publicado até depois de sua morte. Obras inacabadas de Kafka, incluindo seus romances Der Processo, Das Schloss e Amerika (também conhecido como Der Verschollene, O Homem Que Desapareceu), foram publicados postumamente, principalmente por seu amigo Max Brod, que ignorou a vontade de Kafka a ter os manuscritos destruídos. Albert Camus e Jean-Paul Sartre estão entre os escritores influenciados pela obra de Kafka; o termo kafkiano entrou no idioma Inglês para descrever situações surreais como aqueles em sua escrita.

Vida

Família

Local de nascimento em Praga

Kafka nasceu perto do Praça da Cidade Velha, em Praga , em seguida, no Império Austro-Húngaro . Origem social e étnica de sua família era de classe média Judeus Ashkenazi. Seu pai, Hermann Kafka (1852-1931), era o quarto filho de Jakob Kafka, um shochet ou abatedor ritual em Osek, uma aldeia Checa com uma grande população judaica localizada perto Strakonice no sul da Boêmia. Foi Hermann quem trouxe a família Kafka de Praga. Depois de trabalhar como representante de vendas de viagem, ele se tornou um varejista bens e roupas extravagantes que empregou até 15 pessoas e usou a imagem de uma gralha (Kavka em checo) como seu logotipo do negócio. A mãe de Kafka, Julie (1856-1934), era filha de Jakob Löwy, um comerciante de varejo próspera em Poděbrady, e foi mais bem educados do que o marido. Os pais de Kafka, provavelmente, falou um Variedade de influência iídiche de alemão, às vezes pejorativamente chamado Mauscheldeutsch, mas porque a língua alemã foi considerada o veículo de mobilidade social, eles provavelmente encorajaram seus filhos a falar Alto alemão. Hermann e Julie teve seis filhos, dos quais Franz era o mais velho. Os dois irmãos de Franz, Georg Heinrich, e morreu na infância antes Franz tinha sete anos; suas três irmãs foram Gabriele ("Ellie") (1889-1944), Valerie ("Valli") (1890-1942) e Ottilie ("Ottla") (1892-1943).

Hermann é descrita pelo biógrafo Stanley Corngold como um "enorme, egoísta, arrogante empresário" e por Franz Kafka como "um verdadeiro Kafka em força, saúde, apetite, loudness da voz, a eloquência, a auto-satisfação, domínio mundano, resistência, presença de mente, [e] conhecimento da natureza humana ". Em dias úteis, ambos os pais estavam ausentes da casa com Julie Kafka trabalhar até 12 horas por dia para ajudar a gerenciar os negócios da família. Consequentemente, a infância de Kafka foi um pouco solitário, e as crianças foram em grande parte criado por uma série de governantas e servos. Conturbada relação de Kafka com o pai é evidente em sua Brief an den Vater (Carta ao Pai) de mais de 100 páginas, em que ele acusa de ser profundamente afetados por caráter autoritário e exigente de seu pai; sua mãe, em contraste, era quieto e tímido. A figura dominante do pai de Kafka teve um impacto significativo sobre a escrita de Kafka.

A família Kafka teve uma criada que vivem com eles em um apartamento apertado. Quarto de Franz era muitas vezes frio. Em novembro de 1913, a família se mudou para um apartamento maior, embora Ellie e Vallie havia se casado e se mudou para fora do primeiro apartamento. No início de agosto de 1914, logo após a Primeira Guerra Mundial começou, as irmãs não sabem onde seus maridos estavam e voltou com a família para este apartamento maior. Ambos Ellie e Valli agora tinha filhos. Franz, agora 31 anos, mudou-se para apartamento tranquilo de Valli e vivia sozinho pela primeira vez.

Educação

De 1889 a 1893, Kafka participou da Deutsche Knabenschule (escola primária dos meninos alemães) no trh / Fleischmarkt (mercado de carne) masny, agora conhecido como Masná Street. Sua educação judaica finalizar a sua Bar Mitzvah celebração com a idade de 13. Kafka nunca teve frequentar a sinagoga e só foi com seu pai em quatro feriados por ano.

Um quatro andares edifício palaciano ornamentado
Kinsky Palace, onde Kafka participaram ginásio e seu pai era dono de uma loja

Depois de deixar a escola primária em 1893, Kafka foi internado em estado clássicos orientada rigorosa ginásio, Altstädter Deutsches Gymnasium, uma escola secundária acadêmica na Praça da Cidade Velha, no Palácio Kinsky. Alemão era a língua de instrução, mas Kafka também falou e escreveu em Checa; ele estudou o último no ginásio durante oito anos, conseguindo boas notas. Ele recebeu elogios por sua Checa, mas nunca se considerou fluente. Ele completou a sua Exames Matura em 1901.

Inscrito na Ordem dos Alemão Karl-Ferdinands-Universität de Praga em 1901, Kafka começou a estudar química, mas mudou para o direito depois de duas semanas. Embora esse campo não excitá-lo, ofereceu uma gama de possibilidades de carreira que agradou seu pai. Além disso, a lei exigia um longo curso de estudo, dando tempo Kafka a ter aulas em estudos alemães e história da arte. Ele também se juntou a um clube de estudantes, Lese-und der Deutschen Redehalle Studenten (Leitura e Leitura salão dos estudantes alemães), que organizou eventos literários, leituras e outras atividades. Entre os amigos de Kafka foram o jornalista Felix Weltsch, que estudou filosofia, o ator Yitzchak Lowy, que veio de uma ortodoxa Varsóvia família hassídica, e os escritores Oskar Baum e Franz Werfel.

No final de seu primeiro ano de estudos, Kafka conheceu Max Brod, um colega estudante de direito, que se tornou um amigo próximo para a vida. Brod logo percebeu que, apesar de Kafka era tímido e raramente falava, o que ele disse era geralmente profundo. Kafka era um ávido leitor ao longo de sua vida; com Brod, ele leu Platão Protágoras, no original grego , por iniciativa de Brod, e Flaubert L'éducation sentimentale (Educação Sentimental) e La Tentação de St. Anthoine (A Tentação de Santo Antônio) em francês, por sugestão de Kafka. Kafka considerado Fyodor Dostoyevsky , Flaubert, Franz Grillparzer, e Heinrich von Kleist para ser seu "true irmãos de sangue ". Além destes, ele tomou um interesse em Literatura checa e também gostava muito das obras de Goethe . Kafka obteve o grau de Doutor em Direito em 18 de Julho 1906 e realizado um ano obrigatório de serviço não remunerado como assistente jurídico para os tribunais civis e criminais.

Emprego

Em 1º de novembro de 1907, Kafka foi contratado no Assicurazioni Generali, uma companhia de seguros italiana, onde trabalhou por quase um ano. Sua correspondência durante esse período indica que ele estava descontente com um tempo de trabalho cronograma de partida de 08:00 até 18: 00-tornando-se extremamente difícil de se concentrar na escrita, que foi assumindo cada vez mais importância para ele. Em 15 de julho de 1908, ele renunciou, e duas semanas mais tarde encontrou emprego mais propícios à escrita quando ele se juntou ao Instituto de Seguros de Acidentes do Trabalhador para o Reino de Bohemia. O trabalho envolveu investigar e avaliar compensação para lesão corporal de trabalhadores industriais; acidentes, como dedos ou membros perdidos eram comuns nesta época. Professor de administração Peter Drucker Créditos Kafka com o desenvolvimento do primeiro civil capacete de segurança enquanto trabalhava no Instituto de Seguro de Acidentes do Trabalhador, mas isso não é apoiada por qualquer documento do seu empregador. Seu pai muitas vezes referido trabalho de seu filho como diretor de seguros como um Brotberuf, literalmente "trabalho pão", um trabalho feito apenas para pagar as contas; O próprio Kafka reivindicado frequentemente desprezam. Kafka foi rapidamente promovido e seus deveres incluíam reivindicações de processamento e de compensação que investigam, elaboração de relatórios e apelos de movimentação de empresários que sentiam a sua empresa tinha sido colocado em um muito alta categoria de risco; que lhes custou mais em prêmios de seguros. Ele também foi dada a tarefa de compilar e compor o relatório anual sobre o instituto de seguros para os vários anos em que trabalhou lá. Os relatórios foram bem recebidas por seus superiores. Kafka geralmente saía do trabalho às 2:00, por isso, ele teve tempo para gastar em sua obra literária, para o qual foi cometida. O pai de Kafka também esperava que ele para ajudar em e assumir a família loja de artigos de fantasia. Em seus últimos anos de sua doença, muitas vezes impedia de trabalhar no departamento de seguros e em sua escrita. Anos mais tarde, Brod cunhou o termo Der Kreis enge Prager ("The Close Praga Circle") para descrever o grupo de escritores que ele mesmo, Kafka, e Felix Weltsch incluídos.

No final de 1911, o marido de Elli Karl Hermann Kafka e tornaram-se parceiros em primeiro amianto fábrica em Praga, conhecida como Prager Asbestwerke Hermann & Co., depois de ter usado dinheiro dote de Hermann Kafka. Kafka mostrou uma atitude positiva no início, a dedicar muito do seu tempo livre para o negócio, mas mais tarde ele se ressentia como este trabalho invadiu seu tempo escrevendo. Durante esse período, ele também encontrou interesse e entretenimento durante as performances de Teatro iídiche. Depois de ver uma trupe de teatro iídiche realizar em Outubro de 1911, para os próximos seis meses Kafka "mergulhou na língua iídiche e na literatura iídiche". Este interesse também serviu como um ponto de partida para a sua crescente relação com o judaísmo. Foi por volta dessa época que Kafka tornou-se um vegetariano. Por volta de 1915 Kafka recebeu seu projecto de comunicação para o serviço militar na I Guerra Mundial, mas seus empregadores no Instituto de Seguros organizado para um adiamento porque seu trabalho foi considerado serviço público essencial. Mais tarde, ele tentou entrar para o exército, mas foi impedido de fazê-lo por problemas médicos associados com a tuberculose , com o qual ele foi diagnosticado em 1917. Em 1918 Instituto de Seguros de Acidentes do Trabalhador colocar Kafka em uma pensão devido à sua doença e ele passou a maior parte do resto de sua vida em sanatórios.

Personalidade

Franz Kafka, gravura de Jan Hladík, 1978

Kafka temia que as pessoas iriam encontrá-lo mentalmente e fisicamente repugnante. No entanto, aqueles que o conheceram-No percebido de possuir uma atitude tranqüila e se refrescar, inteligência óbvia e um senso de humor seco; eles também encontrou-o como um menino bonito, embora de aparência austera. Brod comparou-o ao Heinrich von Kleist, notando que ambos os escritores tinham a capacidade de descrever com clareza e de forma realista uma situação com detalhes precisos. Kafka era uma das pessoas mais divertidas Brod cumpridos; Kafka se dividirem humor com seus amigos, mas também ajudou-os em situações difíceis com um bom conselho. De acordo com Brod, ele era um recitador apaixonado, que foi capaz de frase sua fala como se fosse música. Brod sentiu que dois dos traços mais marcantes de Kafka eram "veracidade absoluta" (Wahrhaftigkeit absoluto) e "consciência preciso" (präzise Gewissenhaftigkeit). Ele explorou o detalhe, o discreto, profundamente com tanto amor e precisão que as coisas vieram à tona que tinha sido imprevisto, que parecia estranho, mas não eram nada, mas é verdade (nichts als wahr).

Embora Kafka mostrou pouco interesse em exercício como uma criança, mais tarde ele mostrou interesse em jogos e atividade física, como um bom cavaleiro, nadador, e remador. Nos fins de semana, ele e seus amigos embarcaram em longas caminhadas, muitas vezes planejados pelo próprio Kafka. Seus outros interesses incluído medicina alternativa, os sistemas de ensino modernos, como Montessori , e novidades técnicas, como aviões e filme. Escrever era importante Kafka; ele considerou uma "forma de oração". Ele era muito sensível ao ruído e preferiu tranquila ao escrever.

Pérez-?lvarez afirmou que Kafka pode ter possuído uma transtorno de personalidade esquizóide. Seu estilo, eles afirmam, não só no "Die Verwandlung" ("A Metamorfose"), mas em vários outros escritos, parece mostrar baixa a características esquizóides de nível médio, que explicam muito do seu trabalho surpreendente. Sua angústia pode ser visto nesta entrada no diário de 21 de junho de 1913:

O mundo enorme que eu tenho na minha cabeça. Mas como me libertar e libertá-los sem rasgar. E mil vezes sim arrancar em mim eles segurar ou enterrados. Por isso eu estou aqui, isso é bastante claro para mim.

e em Zürau número aforismo 50:

O homem não pode viver sem uma confiança permanente em algo indestrutível dentro de si mesmo, embora ambos de que algo indestrutível e sua própria confiança nele podem permanecer permanentemente escondido dele.

Embora Kafka nunca se casou, ele realizou o casamento e os filhos em alta estima. Ele tinha várias namoradas, mas alguns acadêmicos têm especulado sobre a sua sexualidade; outros sugeriram que ele pode ter sofrido de um transtorno alimentar. Doutor Manfred M. Fichter da Clínica Psiquiátrica, Universidade de Munique apresentou "evidências para a hipótese de que o escritor Franz Kafka tinha sofrido de uma atípica anorexia nervosa "e que Kafka não era só solitário e deprimido, mas também" ocasionalmente suicida ". Em seu livro de 1995 Franz Kafka, o paciente judaica, Sander Gilman investigado "por que um judeu poderia ter sido considerado ' hipocondríaco 'ou' homossexual "e como Kafka incorpora aspectos dessas formas de compreensão do homem judeu em sua própria auto-imagem e da escrita". Kafka considerou cometer suicídio pelo menos uma vez, no final de 1912.

Ideologia política

Antes da Primeira Guerra Mundial, Kafka participou de várias reuniões do Klub mladých, um anarquista Checa, anti-militarista, e organização anti-clerical. Hugo Bergmann, que participou das mesmas ensino fundamental e médio como Kafka, se desentendeu com Kafka, durante o último ano lectivo (1900-1901) porque "o socialismo [de Kafka] e meu sionismo eram demasiado estridente ". "Franz tornou-se um socialista, tornei-me um sionista em 1898. A síntese do sionismo e do socialismo ainda não existia". Bergmann afirma que Kafka usava um cravo vermelho para a escola para mostrar seu apoio para o socialismo . Em uma entrada diário, Kafka se faça referência ao filósofo anarquista influente Peter Kropotkin: "Não se esqueça Kropotkin!"

Durante a era comunista, o legado da obra de Kafka para Oriente bloco socialismo foi muito disputado. Opiniões variaram desde a noção de que ele satirizou a trapalhada burocrática de um desmoronamento ?ustria-Húngaro a sugerir que ele encarna a ascensão do socialismo. Um outro ponto-chave era alienação; enquanto a posição ortodoxa foi que representações de Kafka de alienação não mais relevantes foram para uma sociedade que supostamente havia eliminado alienação, uma conferência realizada em 1963 Liblice, Tchecoslováquia, em honra de seu octogésimo aniversário reavaliou a contínua importância da representação da sociedade burocrática de Kafka. Seja ou não Kafka era um escritor político ainda é uma questão de debate.

Judaísmo e sionismo

Crescendo, Kafka era um judeu de língua alemã em Praga, uma cidade dominada por gentios de língua checa. Ele estava profundamente fascinado pelos judeus da Europa Oriental, a quem ele achava que possuía uma intensidade de vida espiritual, que estava ausente de judeus no oeste. Seu diário está cheio de referências a escritores iídiche. No entanto, ele foi por vezes alienados do judaísmo e da vida judaica: "Que tenho eu em comum com os judeus tenho quase nada em comum comigo mesmo e deve estar muito calmamente em um canto, o conteúdo que eu posso respirar?".

Hawes sugere que Kafka, embora muito consciente de sua própria Judaísmo, não incorporá-lo em seu trabalho, que, de acordo com Hawes, carece de personagens judeus, cenas ou temas. Na opinião do crítico literário Harold Bloom, embora Kafka estava inquieto com sua herança judaica, ele foi o escritor judeu por excelência. Lothar Kahn é igualmente inequívoca: "A presença do judaísmo na obra de Kafka não está mais sujeito a duvidar". Pavel Eisner, um dos primeiros tradutores de Kafka, interpreta o clássico, Processo Der (The Trial) como a encarnação da "tripla dimensão da existência judaica em Praga ... seu protagonista Josef K. é (simbolicamente) preso por um alemão (Rabensteiner ), um checo (Kullich) e um judeu (Kaminer). Ele representa o 'culpa inocente "que impregna o judeu no mundo moderno, embora não haja nenhuma evidência de que ele próprio é um judeu".

Em seu ensaio Tristeza na Palestina ?!, Dan Miron explora conexão de Kafka ao sionismo: "Parece que aqueles que afirmam que houve uma tal ligação e que o sionismo desempenhou um papel central na sua vida e obra literária, e aqueles que negam a conexão completamente ou descartar sua importância, estão ambos errados . A verdade está em algum lugar muito evasivo entre estes dois pólos simplistas ". Kafka pensou em se mudar para Palestina com Felice Bauer, e mais tarde com Dora Diamant. Ele estudou hebraico , enquanto vivia em Berlim, a contratação de um amigo de Brod do da Palestina, Pua Bat-Tovim, para tutor dele e assistir Rabi Classe de Júlio Guttmann no Berlin Hochschule für die Wissenschaft des Judentums (Faculdade de Berlim para judaica Science).

Livia Rothkirchen chama Kafka a "figura simbólica de sua época". Seus contemporâneos incluídos numerosos escritores judeus (tcheco, alemão e judeus nacionais) que eram sensíveis para alemão, checo, austríaco e da cultura judaica. De acordo com Rothkirchen, "Esta situação emprestaram seus escritos uma ampla visão cosmopolita e uma qualidade de exaltação na fronteira com transcendental contemplação metafísica. Um exemplo ilustre é Franz Kafka".

Morte

Kafka tuberculose laríngea pioraram e em março de 1924, ele voltou de Berlim para Praga, onde os membros da sua família, principalmente sua irmã Ottla, cuidou dele. Ele foi para o Dr. Hoffmann sanatório em Kierling perto de Viena para o tratamento em 10 de Abril, e ali morreu em 3 de junho de 1924. Sua causa da morte parece ser a fome: a condição da garganta de Kafka fez comer muito doloroso para ele, e desde nutrição parenteral ainda não tinha sido desenvolvido, não havia nenhuma maneira de alimentá-lo. Kafka estava editando "O Artista da Fome" em seu leito de morte, uma história cuja composição ele tinha começado antes de sua garganta fechou a tal ponto que ele não poderia tomar qualquer alimento. Seu corpo foi trazido de volta a Praga, onde ele foi enterrado em 11 de Junho de 1924, no Novo Cemitério Judaico em Praga-Žižkov. Kafka era desconhecida durante a sua vida, mas ele não considerou fama importante. No entanto, ele se tornou famoso logo após sua morte.

Trabalho

uma letra velha com texto escrito em alemão
Primeira página de Kafka carta a seu pai

Todos os trabalhos publicados de Kafka, com excepção de algumas cartas que ele escreveu em checo para Milena Jesenska, foram escritos em alemão. O pouco que foi publicado durante sua vida atraiu a atenção do público escasso.

Kafka terminou nenhum dos seus romances completos e queimou cerca de 90 por cento de seu próprio trabalho, tanto durante o período em que viveu em Berlim com Diamant que o ajudou a gravar os rascunhos de seu trabalho. Em seus primeiros anos como um escritor, ele foi influenciado por von Kleist, cujo trabalho ele descreveu em uma carta ao Bauer tão assustador e quem ele considerava mais perto do que a sua própria família.

Histórias

Primeiras obras publicadas de Kafka foram oito histórias que apareceram em 1908 na primeira edição da revista literária Hyperion sob o título Betrachtung (Contemplação). Ele escreveu a história " Beschreibung eines Kampfes "(" Descrição de uma Luta ") em 1904;. Ele mostrou a Brod, em 1905, que o aconselhou a continuar escrevendo e convenceu-o a submetê-lo a Hyperion publicou um fragmento de Kafka em 1908 e duas seções na primavera de 1909, todos em Munique.

Em uma explosão criativa na noite de 22 de Setembro de 1912, Kafka escreveu a história "Das Urteil" ("O Julgamento", literalmente: "O Veredicto") e dedicou-o Felice Bauer. Brod notou a semelhança nos nomes do personagem principal e sua noiva ficcionais, Georg Bendemann e Frieda Brandenfeld, para as pessoas reais, Franz Kafka e Felice Bauer. A história é muitas vezes considerado como o trabalho da descoberta de Kafka. Ele lida com o relacionamento conturbado de um filho e seu pai dominante, diante de uma nova situação depois que o filho estava envolvido. Kafka descreveu mais tarde a escrever em "uma abertura completa do corpo e da alma", uma história que "evoluiu como um verdadeiro nascimento, coberto de sujeira e lodo". A história foi publicada pela primeira vez em Leipzig em 1912 e dedicada "à senhorita Felice Bauer", e em edições subseqüentes simplesmente "F."

Em 1912, Kafka escreveu a história "Die Verwandlung" ("A Metamorfose", ou "A Transformação"), publicado em 1915, em Leipzig. A história começa com um caixeiro-viajante acordar para encontrar-se transformado em um Ungeziefer ungeheuren, um monstruoso vermes, Ungeziefer ser um termo geral para animais indesejados e impuros. Os críticos consideram o trabalho como uma das obras seminais da ficção do século 20. A história " In der Strafkolonie "(" In the Penal Colony "), lidando com um elaborado tortura e execução dispositivo, foi escrito em outubro de 1914, revisto em 1918, e publicada em Leipzig em outubro de 1919. A história " Ein Hungerkünstler "(" Um Artista da Fome "), publicado no periódico Die neue Rundschau em 1924, descreve um protagonista vitimado que experimenta um declínio na apreciação de sua nave estranha de morrendo de fome-se por longos períodos. Sua última história " Josefine, morrer Sängerin oder Das Volk der Mäuse "(" Josephine o cantor ou o mouse Folk "), também trata da relação entre o artista e seu público.

Novelas

Ele começou seu primeiro romance projeto em 1912; o primeiro capítulo é a história " Der Heizer "(" O Stoker "). Kafka chamou o trabalho, que permaneceu inacabado, Der Verschollene (O Homem Que Desapareceu ou O Homem faltante), mas quando Brod publicou após a morte de Kafka, ele nomeou-Amerika. A inspiração para o romance foi o tempo gasto na platéia do teatro iídiche do ano anterior, levando-o a uma nova consciência da sua herança, o que levou à idéia de que uma apreciação inata para com o património vive profundamente dentro de cada pessoa. Mais explicitamente bem-humorado e um pouco mais realista do que a maioria das obras de Kafka, o romance, no entanto, compartilha o mesmo motivo de um sistema opressivo e intangível colocar repetidamente o protagonista em situações bizarras. Ele usa muitos detalhes de experiências de seus parentes que haviam emigrado para a América e é o único trabalho para o qual Kafka já considerou um final otimista.

Durante 1914, Kafka começou o romance Processo Der (The Trial), a história de um homem preso e processado por uma autoridade remoto, inacessível, com a natureza de seu crime revelado a ele, nem tampouco o leitor. Kafka não completaram o romance, embora ele terminou o capítulo final. Conforme Ganhador do Prêmio Nobel e estudioso Kafka Elias Canetti, Felice é central para o enredo de Processo Der e Kafka disse que era "sua história". Canetti intitulou seu livro sobre as cartas de Kafka a Felice de Kafka outro ensaio, em reconhecimento da relação entre as letras e romance. Michiko Kakutani observa em um comentário para The New York Times que as cartas de Kafka tem os "sinais de sua ficção: a mesma atenção nervoso para indicações minutos; a mesma consciência paranóico de transferência de saldos de poder; a mesma atmosfera de, surpreendentemente combinada asfixia-emocional, com momentos de ardor juvenil e prazer. "

De acordo com o diário, Kafka já estava planejando seu romance Das Schloss (O Castelo), por 11 de junho de 1914; no entanto, ele não começou a escrevê-lo até 27 de janeiro de 1922. O protagonista é o Landvermesser (agrimensor) nomeou K., que luta por razões desconhecidas para ter acesso às autoridades misteriosas de um castelo que governam a aldeia. A intenção de Kafka era que as autoridades do castelo notificar K. em seu leito de morte que seu "direito legal de viver na aldeia não era válido, ainda, tomar certas circunstâncias auxiliares em conta, ele estava a ser autorizados a viver e trabalhar lá". Escuro e, por vezes, surreal, o romance é focado em alienação, burocracia, as frustrações aparentemente intermináveis de tentativas do homem para enfrentar o sistema, ea perseguição inútil e sem esperança de uma meta inalcançável. Hartmut M. Rastalsky observou em sua tese: "Como os sonhos, seus textos combinar preciso" realista "detalhe com o absurdo, a observação cuidadosa e raciocínio por parte dos protagonistas com esquecimento inexplicável e descuido."

História editorial

A capa do livro simples exibe o nome do livro e do autor
Primeira edição do Betrachtung de 1912

Histórias de Kafka foram inicialmente publicados em periódicos literários. Seu primeiro oito foram impressas em 1908 na primeira edição do Hyperion bi-mensal. Franz Blei publicou dois diálogos em 1909 que se tornou parte da "Beschreibung eines Kampfes" ("Descrição de uma Luta"). Um fragmento da história " Die Avião em Brescia "(" Os aviões No Brescia "), escrito em uma viagem para a Itália com Brod, apareceu no diário Bohemia em 28 de setembro de 1909. Em 27 de março de 1910, várias histórias que mais tarde se tornou parte do livro Betrachtung foram publicados na edição de Páscoa de Bohemia. Em Leipzig, durante 1913, Brod e editor Kurt Wolff incluído "Das Urteil. Eine Geschichte von Franz Kafka." ("The Verdict. Uma história de Franz Kafka.") Em seu anuário literária para a Arkadia da arte da poesia. A história " Vor dem Gesetz "(" Antes da Lei ") foi publicada na edição de 1915 de Ano Novo do Selbstwehr semanal judeu independente, que foi reeditado em 1919 como parte da coleção de história Ein Landarzt (A Country Doctor) e tornou-se parte do novo processo Der. Outras histórias foram publicadas em diversas publicações, incluindo Brod de Der Jude, o papel Prager Tagblatt, e os periódicos Die neue Rundschau, Genius, e Prager Presse.

Livro publicado pela primeira vez, de Kafka, Betrachtung (Contemplação, ou meditação), foi uma coleção de 18 histórias escritas entre 1904 e 1912. Em uma viagem de verão para Weimar, Brod deu início a uma reunião entre Kafka e Kurt Wolff; Wolff publicada Betrachtung no Rowohlt Verlag no final de 1912 (com um determinado ano em 1913). Kafka dedicou a Brod, "Für MB", e acrescentou na cópia pessoal dada a seu amigo "So wie es hier ist schon gedruckt, für meinen liebsten Max - Franz K." ("Como ele já está impresso aqui, para minha querida Max").

A história de Kafka "Die Verwandlung" ("A Metamorfose") foi impresso pela primeira vez em outubro de 1915 a emissão de Die Weißen Blätter, uma edição mensal de expressionista literatura, editado por René Schickele. Outra coleção história, Ein Landarzt (A Country Doctor), foi publicado por Kurt Wolff, em 1919, dedicada ao pai de Kafka. Kafka preparou uma coleção definitiva de quatro histórias para impressão, Ein Hungerkünstler (A Artista da Fome), que apareceu em 1924, após sua morte, em Verlag Die Schmiede. Em 20 de abril de 1924, o Berliner Börsen-Courier publicou o ensaio de Kafka em Adalbert Stifter.

Max Brod

Primeira edição do Das Schloss, 1926

Kafka deixou seu trabalho, ambos publicados e não publicados, a seu amigo e testamenteiro literário Max Brod com instruções explícitas que ele deve ser destruído com a morte de Kafka; Kafka escreveu: "Querido Max, meu último pedido: Tudo o que eu deixar atrás de mim ... na forma de diários, manuscritos, cartas (meus próprios e dos outros), esboços, e assim por diante, [é] para ser queimado não lida" . Brod decidiu ignorar este pedido e publicou os romances e obras coletadas entre 1925 e 1935. Ele tomou muitos papéis, que permanecem inéditos, com ele em malas para a Palestina quando fugiu lá em 1939. última amante de Kafka, Dora Diamant (mais tarde, Dymant -Lask), também ignorou seus desejos, mantendo em segredo 20 notebooks e 35 letras. Estes foram confiscados pela Gestapo em 1933, mas os estudiosos continuam a procurar por eles.

Como Brod publicou a maior parte da escrita em sua posse, a obra de Kafka começou a atrair mais ampla atenção e aclamação da crítica. Brod achou difícil compilar cadernos de Kafka em ordem cronológica. Um problema foi que Kafka muitas vezes começou a escrever em diferentes partes do livro; por vezes no meio, por vezes, a trabalhar para trás a partir da extremidade. Brod terminou muitos dos trabalhos incompletos de Kafka para permitir a sua publicação. Por exemplo, Kafka deixou Processo Der com capítulos sem numeração e incompletos e Das Schloss com frases incompletas e conteúdo ambíguo; Brod reorganizados capítulos, editada do texto, e mudou a pontuação. Processo Der apareceu em 1925 em Verlag Die Schmiede. Kurt Wolff publicou dois outros romances, Das Schloss em 1926 e Amerika em 1927. Em 1931, Brod editou uma coleção de prosa e histórias inéditas como Beim Bau der Chinesischen Mauer (A Grande Muralha da China), incluindo a história do mesmo nome. O livro apareceu no Gustav Kiepenheuer Verlag. Conjuntos de Brod são geralmente chamados de Edições Definitivas.

Edições modernas

Em 1961, Malcolm Pasley adquiriu a maioria do trabalho manuscrito original de Kafka para a Oxford Biblioteca Bodleian. O texto para o Processo Der mais tarde foi adquirido através de leilão e é armazenado no Arquivo Alemão Literários em Marbach am Neckar, Alemanha. Posteriormente, Pasley chefiou uma equipe (incluindo Gerhard Neumann, Jost Schillemeit e Jürgen Born) que reconstruiu os romances alemães; S. Fischer Verlag republicado-los. Pasley foi o editor de Das Schloss, publicado em 1982, e Processo Der (The Trial), publicado em 1990. Jost Schillemeit foi o editor de Der Verschollene (Amerika), publicado em 1983. Estes são chamados de "edições críticas" ou o " Edições Fischer ".

Trabalhos não publicados

Quando Brod morreu em 1968, ele deixou a trabalhos inéditos de Kafka, que são acreditados para numerar nos milhares, a sua secretária Esther Hoffe. Ela liberada ou vendido alguns, mas deixou a maior parte de suas filhas, Eva e Ruth, que também se recusou a liberar os papéis. A batalha judicial começou em 2008 entre as irmãs ea Biblioteca Nacional de Israel, que reivindicou essas obras tornou-se propriedade da nação de Israel quando Brod emigrou para a Palestina Britânica em 1939. Esther Hoffe vendeu o manuscrito original de Processo Der para US $ 2 milhões em 1988 ao Arquivo Literário Alemão Museu de Literatura Moderna, em Marbach am Neckar. Apenas Eva ainda está vivo a partir de 2012. A decisão de um tribunal de família Tel Aviv em 2010 considerou que os documentos devem ser libertados e alguns foram, incluindo uma história previamente desconhecido, mas a batalha legal continuou. Os Hoffes reivindicar os papéis são sua propriedade pessoal, enquanto a Biblioteca Nacional argumenta que eles são "bens culturais pertencentes ao povo judeu". A Biblioteca Nacional também sugere que Brod legou os papéis para eles em seu testamento. O Tel Aviv Tribunal de Família decidiu em Outubro de 2012, que os documentos eram propriedade da Biblioteca Nacional.

Interpretações críticas

A tapering six-sided stone structure lists the names of three deceased persons: Franz, Hermann, and Julie Kafka. Each name has a passage in Hebrew below it.
O túmulo de Franz Kafka em Praga-Žižkov

Muitos críticos têm elogiado a escrita de Kafka. O poeta WH Auden chamado Kafka "o Dante do século XX "; o romancista Vladimir Nabokov colocou-o entre os maiores escritores do século 20. Gabriel García Márquez observou a leitura de Kafka "A Metamorfose" mostrou-lhe "que era possível escrever de uma maneira diferente". O tema central da obra de Kafka, estabelecido pela primeira vez no conto "Das Urteil", é o conflito pai-filho: a culpa induzida no filho é resolvido através do sofrimento e expiação. Outros temas de destaque e arquétipos incluem a alienação, a brutalidade física e psicológica, caracteres em uma missão aterrorizante, e transformação mística.

Estilo de Kafka foi comparada com a de Kleist já em 1916, em uma revisão de "Die Verwandlung" e "Der Heizer" por Oscar Walzel em Berliner Beiträge . A natureza da prosa de Kafka permite interpretações variadas e críticos têm colocado sua escrita em uma variedade de escolas literárias. marxistas , por exemplo, têm discordado fortemente sobre como interpretar obras de Kafka. Alguns o acusaram de distorcer a realidade, enquanto outros alegou que ele estava criticando o capitalismo. A desesperança e absurdo comum as suas obras são vistos como emblemático de existencialismo . Alguns dos livros de Kafka são influenciados pelo movimento expressionista, embora a maioria de sua produção literária foi associado com o experimental gênero modernista. Kafka também toca no tema do conflito humano com a burocracia. William Burrows afirma que esse trabalho está centrado nos conceitos de luta, dor, solidão, ea necessidade de relacionamentos. Outros, como Thomas Mann, ver a obra de Kafka como alegórico: a busca, metafísico na natureza, por Deus.

Conforme Gilles Deleuze e Félix Guattari, os temas da alienação e perseguição, embora presente na obra de Kafka, foram mais enfatizado pelos críticos. Eles argumentam obra de Kafka é mais deliberada e subversiva e mais alegre do que pode parecer à primeira vista. Eles apontam que a leitura de seu trabalho enquanto se concentra sobre a futilidade de lutas de seus personagens revela brincadeira de Kafka no humor; ele não é, necessariamente, comentando sobre seus próprios problemas, mas sim apontar como as pessoas tendem a inventar problemas. Em seu trabalho, Kafka criou muitas vezes maléficos, mundos absurdas. Kafka leu a minuta de suas obras para os amigos, geralmente concentrando-se em sua prosa bem-humorado. Escritor Milan Kundera sugere que de Kafka humor surrealista pode ter sido uma inversão de Dostoievski que apresentou personagens que foram punidos por um crime. Na obra de Kafka um personagem será punido embora um crime não foi cometido. Kundera acredita que inspirações de Kafka para suas situações características veio tanto de crescer em uma família patriarcal e vivendo em um estado totalitário.

Foram feitas tentativas para identificar a influência do contexto jurídico de Kafka eo papel da lei em sua ficção. A maioria das interpretações identificar aspectos do direito e da legalidade tão importante em seu trabalho, em que o sistema legal é muitas vezes opressiva. A lei em obras de Kafka, ao invés de ser representante de qualquer entidade jurídica ou política particular, é normalmente interpretada para representar uma coleção de forças incompreensíveis anônimos. Estes são escondidos do indivíduo, mas controlar as vidas das pessoas, que são vítimas inocentes de sistemas fora de seu controle.

No entanto, James Hawes argumenta muitas das descrições de Kafka dos processos judiciais no processo Der -metaphysical, absurdas, desconcertantes e de pesadelo como poderiam parecer-se com base em descrições precisas e informadas do processo penal alemão e austríaco da época, que eram bastante inquisitorial do contraditório. Embora ele trabalhou em seguros, como um advogado treinado Kafka era "profundamente consciente dos debates legais de sua época". Em uma publicação do século 21 início que usa escritos escritório de Kafka como seu ponto de partida, Pothik Ghosh afirma que, com Kafka, a lei "não tem nenhum significado fora do seu fato de ser uma força pura de dominação e determinação".

Traduções

As primeiras traduções inglesas de obras de Kafka eram por Edwin e Willa Muir, que em 1930 traduziu a primeira edição alemã de Das Schloss . Este foi publicado como The Castle por Secker & Warburg na Inglaterra e Alfred A. Knopf, nos Estados Unidos. A edição de 1941, incluindo uma homenagem por Thomas Mann, estimulou uma onda de popularidade de Kafka nos Estados Unidos do final dos anos 1940. Os Muirs traduzido todas as obras mais curtas que Kafka tinha visto ajuste para imprimir; eles foram publicados pela Schocken Books em 1948 como A Colônia Penal: Histórias e peças curtas , incluindo adicionalmente The First Longa Viagem de trem , escrita por Kafka e Brod, de Kafka "um romance sobre a Juventude", uma avaliação sobre Felix Sternheim Die Geschichte des jungen Oswald , seu ensaio sobre "Anedotas" de Kleist, sua avaliação da revista literária Hyperion , e um epílogo por Brod.

As edições posteriores, nomeadamente as de 1954 ( Pai Querido. Histórias e Outros Escritos ), incluiu o texto, traduzido por Eithne Wilkins e Ernst Kaiser, que tinha sido excluído por editores anteriores. Conhecido como "Edições Definitivas", eles incluem traduções de The Trial, definitivo , The Castle, definitivo e outros escritos. Estas traduções são geralmente aceite de ter uma série de preconceitos e são considerados para ser datado na interpretação. Publicado em 1961 pela Schocken Livros, parábolas e paradoxos apresentados em edição bilingue por Nahum N. Glatzer selecionado escritos, elaborados a partir de cadernos, agendas, cartas, obras de ficção e curtas da novela Der Processo .

Novas traduções foram concluídas e publicadas com base no texto alemão recompilados de Pasley e Schillemeit - O Castelo, a CriticalporMark Harman (Schocken Books, 1998),O Julgamento, CriticalporBreon Mitchell (Schocken Books, 1998), eAmerika: The Man que desapareceuporMichael Hofmann (New Directions Publishing, 2004).

Problemas de tradução para Inglês

Kafka muitas vezes fez uso extensivo de uma característica particular para a língua alemã permitindo frases longas que podem às vezes se estendem por uma página inteira. Frases de Kafka, em seguida, entregar um impacto inesperado pouco antes da completa parada sendo esse o significado de finalização eo foco. Isto é devido à construção de certas frases em alemão, que exigem que o verbo ser posicionado no final da frase. Tais construções são difíceis de duplicar em Inglês, por isso cabe ao tradutor para fornecer ao leitor com a mesma (ou pelo menos equivalente) efeito encontrado no texto original. Ordem de palavras mais flexível do alemão e diferenças sintáticas prever várias maneiras a mesma escrita alemão pode ser traduzido para o Inglês. Kafka não escrevia em alemão alto padrão, mas sim em um Praguean alemão fortemente influenciado pelo iídiche e línguas checas, o que torna ainda mais difícil de traduzir suas obras. Um exemplo é a primeira frase de Kafka "A Metamorfose", que é crucial para a definição e compreensão de toda a história:

Als Gregor Samsa eines Morgens aus unruhigen Träumen erwachte fand er sich em seinem Bett zu einem ungeheuren Ungeziefer verwandelt . (Original)

Como Gregor Samsa uma manhã de sonhos agitados acordou, encontrou ele mesmo em sua cama em um enorme vermes transformado. (Palavra literal para a tradução da palavra)

Outro problema praticamente intransponível voltado para tradutores é como lidar com o uso intencional do autor de termos e palavras que têm vários significados ambíguos. Um desses casos é encontrada na primeira frase de "A Metamorfose". Inglês tradutores muitas vezes tornar a palavra Ungeziefer como "inseto"; no Oriente alemão, no entanto, Ungeziefer significa literalmente "um animal impuro para o sacrifício"; em alemão de hoje significa vermes. Às vezes é usado coloquialmente para significar "bug", um termo muito geral, ao contrário do "inseto" científica. Kafka não tinha intenção de rotulagem Gregor, o protagonista da história, como qualquer coisa específica, mas em vez disso queria transmitir desgosto de Gregor em sua transformação.

Legado

"Kafkiano"

The statue is a man with no head or arms, with another man sitting on his shoulders.
Estátua de bronze de Jaroslav Rona de Franz Kafka em Praga

A escrita de Kafka inspirou o termo "kafkiano", usada para descrever conceitos e situações que lembram de seu trabalho, particularmente Processo Der e "Die Verwandlung". Exemplos incluem casos em que as pessoas são dominados pelas burocracias, muitas vezes em um ambiente surreal, pesadelo que evoca sentimentos de falta de sentido, desorientação e desamparo. Personagens em um cenário kafkiano muitas vezes não têm um curso claro de ação para escapar da situação. Elementos kafkaesque aparecem frequentemente em obras existenciais, mas o termo transcendeu a esfera literária a aplicar-se as ocorrências da vida real e situações que são incompreensivelmente complexo, estranho, ou ilógica.

Comemoração

O Franz Kafka Museum em Praga é dedicado a Kafka e sua obra. Um componente importante do museu é uma exposição A cidade de K. Franz Kafka e Praga , que foi exibido pela primeira vez em Barcelona, ​​em 1999, mudou-se para o Museu Judaico de Nova York, e foi finalmente criada em 2005 em Praga, em Malá Strana ( Cidade Baixa), ao longo da Moldava. O museu chama sua exibição de fotos e documentos originais Město K. Franz Kafka um Praha (Cidade K. Kafka e Praga) e tem como objetivo mergulhar o visitante para o mundo em que Kafka viveu e sobre a qual ele escreveu.

O Prêmio Franz Kafka é um prêmio literário anual da Sociedade Franz Kafka e da cidade de Praga criada em 2001. Ela reconhece os méritos da literatura como "caráter humanista e contribuição para o cultural, nacional, língua e tolerância religiosa, o seu caráter existencial, intemporal, sua validade geral humano, e sua capacidade de entregar um testemunho sobre nossos tempos ". O comitê de seleção e destinatários vêm de todo o mundo, mas estão limitados a autores vivos que tiveram pelo menos um trabalho publicado em língua checa. O destinatário recebe US $ 10.000, um diploma, e uma estatueta de bronze em uma apresentação na Cidade Velha de Praga Hall, na República Checa, Estado de férias no final de outubro.

San Diego State University (SDSU) opera umProjecto de Kafka, que começou em 1998 como a pesquisa internacional oficial para últimos escritos de Kafka.

Influência literária e cultural

Ao contrário de muitos escritores famosos, Kafka é raramente citado por outros. Em vez disso, ele é conhecido mais por suas visões e perspectivas. Professor e escritor Shimon Sandbank identifica Kafka como tendo influenciado Jorge Luis Borges , Albert Camus , Eugène Ionesco, JM Coetzee e Jean-Paul Sartre . A Financial Times crítico literário Créditos Kafka com influenciando José Saramago, e editor Al Silverman afirma que JD Salinger gostava de ler obras de Kafka. Em 1999, um comitê de 99 autores, estudiosos e críticos literários classificou o processo Der e Das Schloss , o segundo eo nono mais importantes romances em língua alemã do século 20. Crítico literário Shimon Sandbank argumenta que, apesar difusão de Kafka, seu estilo enigmático ainda tem de ser emulado. Neil Pages, um professor que é especializada em obras de Kafka, diz a influência de Kafka transcende literatura e estudos literários; impacta artes visuais, música e cultura popular. Harry Steinhauer, professor de literatura alemã e judaica, diz que Kafka "teve um impacto mais poderoso na sociedade letrada do que qualquer outro escritor do século XX". Brod disse que o século XX será um dia conhecido como o "século de Kafka".

Michel-André Bossy escreve que Kafka criou um universo burocrático rigidamente inflexível e estéril. Kafka escreveu de uma forma distante cheio de termos jurídicos e científicos. No entanto, seu universo grave também tinha humor perspicaz, todos destacando a "irracionalidade nas raízes de um mundo supostamente racional". Seus personagens estão presos, confuso, cheio de culpa, frustrado, e falta compreensão do seu mundo surreal. Grande parte da ficção-Kafka post, especialmente de ficção científica, siga os temas e preceitos do universo de Kafka. Isto pode ser visto nas obras de autores como George Orwell e Ray Bradbury.

Os seguintes são exemplos de trabalhos em toda uma série de obras literárias, musicais, dramáticas e gêneros que demonstram a extensão da influência cultural:

Título Ano Médio Observações Ref
"Um amigo de Kafka" 1962 conto por Ganhador do Prêmio Nobel Isaac Bashevis Singer, sobre um ator iídiche chamado Jacques Kohn, que disse que sabia que Franz Kafka; nesta história, de acordo com Jacques Kohn, Kafka acreditava na Golem, uma criatura lendária do folclore judaico
O Julgamento 1962 filme o diretor do filme,Orson Welles, disse: "Diga o que quiser, mas o julgamento é o meu maior trabalho, ainda maior do queCidadão Kane"
Watermelon Man 1970 filme inspirado em parte por "A Metamorfose ", onde um fanático branco acorda como um homem negro
"Kafka-Fragmente, 24 Op." 1985 música pelo compositor húngaroGyörgy Kurtág para soprano e violino, usando fragmentos do diário e as cartas de Kafka
Dick de Kafka 1986 jogar porAlan Bennett, em que os fantasmas de Kafka, seu pai Hermann e Brod chegar na casa de um funcionário seguro Inglês (e aficionado Kafka) e sua esposa
De Kafka Hell-Paraíso 2006 jogar por Milan Richter, em que Kafka re-conta suas histórias de noivado com Felice Bauer e Julie Wohryzek, enquanto todas as 5 pessoas usam seus aforismos e Kafka diz a seus sonhos; locais: Berlim, Marianske Lazne e Tatranske Matliary
De Kafka Second Life 2007 jogar por Milan Richter, em que a vida de Kafka é prolongado por 41 anos, e Kafka experimenta uma vida feliz na Argentina, acabou de regressar ao seu Praga, na véspera da Segunda Guerra Mundial, com seu noivo e um servo
Kafka 1991 filme Estrelas Jeremy Irons como o autor de mesmo nome; escrito por Lem Dobbs e dirigido por Steven Soderbergh, o filme mistura a sua vida ea ficção fornecendo uma apresentação semi-biográfico da vida de Kafka e obras; Kafka investiga o desaparecimento de um dos seus colegas de trabalho, tomando Kafka através de muitas das obras do próprio escritor, mais notavelmente The Castle e The Trial
Franz Kafka é É uma vida maravilhosa 1993 filme curta-metragem de comédia feita paraa BBC Escócia, ganhou umOscar, foi escrito e dirigido porPeter Capaldi, e estrelouRichard E. Grant como Kafka
" Bad Mojo " 1996 jogo de computadorvagamente baseado em "A Metamorfose", com personagens chamados Franz e Roger Samms, aludindo aoGregor Samsa
Na Colônia Penal 2000 ópera por Philip Glass
Kafka on the Shore 2002 romancepelo escritor japonêsHaruki Murakami, no The New York Times10 Melhores Livros de lista de 2005,World Fantasy Award destinatário
Julgamento de Kafka 2005 ópera pelo compositor dinamarquês Poul Ruders, baseado no romance e partes da vida de Kafka; realizada pela primeira vez em 2005, lançado em CD
Sopa de Kafka 2005 livro por Mark Crick, é uma literáriapastiche na forma de umlivro de receitas, com as receitas escrito no estilo de um autor famoso
"Kafka o Musical" 2011 jogo de rádio por BBC Radio 3 produzido como parte da sua Play of the Week programa. Franz Kafka foi jogado por David Tennant
"Som Interpretações - Dedicação Para Franz Kafka" 2012 música HAZE Netlabel liberado compilação musical Som Interpretações - Dedicação Para Franz Kafka . Nesta versão músicos repensar a herança literária de Kafka
Retirado de " http://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Franz_Kafka&oldid=549158313 "