Conteúdo verificado

País de Gales

Assuntos Relacionados: Geografia da Grã-Bretanha

Sobre este escolas selecção Wikipedia

Este conteúdo da Wikipedia foi escolhida pela SOS Children para adequação nas escolas de todo o mundo. Uma boa maneira de ajudar outras crianças é por patrocinar uma criança

País de Gales
Cymru
Um pavilhão de um dragão vermelho passant em um campo verde e branco.
Bandeira
Lema: "Byth de Cymru am"
"Wales para sempre"
Anthem: Hen Wlad Fy Nhadau
Land of My Fathers
Localização de Gales (verde escuro) - na Europa (verde & cinza escuro) - no Reino Unido (verde)
Local de   País de Gales    (Verde escuro)

- Na Europa    (Verde e cinzento escuro)
- No Reino Unido    (Verde)

Capital
e maior cidade
Cardiff (Caerdydd)
51 ° 29'N 3 ° 11'W
Línguas oficiais
Demonym Welsh (Cymry)
Governo Governo devolvido dentro parlamentar monarquia constitucional
- Monarca Elizabeth II
- Primeiro-ministro Carwyn Jones AM
- O primeiro-ministro de
o Reino Unido
David Cameron MP
- Secretário de Estado ( Reino Unido) David Jones MP
Legislatura Assembléia nacional
e Parlamento do Reino Unido
Unificação
- por Gruffydd ap Llywelyn 1057
?rea
- Total 20.779 km 2
8022 sq mi
População
- 2011 censo 3063500
- Densidade 148 / km 2
381 mi / sq
PIB ( PPP) 2006 estimativa
- Total EUA 85,4 bilhões dólares americanos
- Per capita US 30.546 $
Moeda Libra esterlina ( GBP )
Fuso horário GMT ( UTC0)
- Summer ( DST) BST ( UTC + 1)
Formato de data dd / mm / aaaa ( AD ou CE)
Unidades no esquerda
Chamando código +44 (UK)
Padroeiro Saint David (Dewi Sant)
TLD Internet .uk

País de Gales / w l z / ( Galês: Cymru; Galês Pronúncia: [Kəm.rɨ]) é um país que é parte do Reino Unido e da ilha de Grã-Bretanha , limitado por Inglaterra a seu leste eo Oceano Atlântico eo Mar da Irlanda a seu oeste. Ele tinha uma população de 3.064.000 em 2011, e tem uma área total de 20,779 km 2 (8023 sq mi). Gales tem mais de 1.200 km (750 mi) de costa, e é em grande parte montanhosa, com seus picos mais altos do norte e áreas centrais, incluindo Snowdon (Yr Wyddfa), seu pico mais alto. O país encontra-se dentro da zona temperada norte , e tem uma variável, clima marítimo .

Identidade nacional de Galês emergiu entre os Celta Britânicos após a Retirada romana da Grã-Bretanha no século 5, País de Gales e é considerado como um dos moderna Nações celtas. A morte de Llywelyn ap Gruffydd em 1282 marcou a conclusão de Edward I de Inglaterra 's conquista do País de Gales, embora Owain Glyndŵr restaurada brevemente independência para o que viria a se tornar Wales moderno, no início do século 15. O conjunto do País de Gales foi anexada pela Inglaterra, e incorporado dentro do sistema legal Inglês , sob a Leis em Gales Atos 1535-1542. Distintivo Política galês desenvolvidos no século 19. Galês O liberalismo, exemplificado no início do século 20 por Lloyd George, foi deslocado pelo crescimento do socialismo e do Partido Trabalhista . Sentimento nacional de Galês cresceu ao longo do século; Plaid Cymru foi formada em 1925 e Sociedade língua de Galês em 1962. Fundada sob o Governo do País de Gales Act de 1998, a Assembleia Nacional do País de Gales detém a responsabilidade por uma série de questões políticas descentralizadas.

No alvorecer da Revolução Industrial , o desenvolvimento do mineração e metalurgia indústrias transformou o país de uma sociedade agrícola em uma nação industrial; o Exploração do South Wales coalfield causando uma rápida expansão da população do País de Gales. Dois terços da população vivem agora em Gales do Sul, principalmente e em torno de Cardiff (a capital), Swansea e Newport, e no próximo vales. Hoje, com as tradicionais indústrias extractivas e pesados do país ou ido ou em declínio, a economia do País de Gales depende da setor público, luz e indústrias de serviços, e turismo. Wales '2010 Valor Acrescentado Bruto (VAB) era £ 45500000000 (£ 15.145 por cabeça); 74,0 por cento da média do total do Reino Unido, o menor GVA per capita na Grã-Bretanha.

Embora Wales compartilha uma história política e social estreita com o resto da Grã-Bretanha, e quase todo mundo fala Inglês , o país manteve um distinto identidade cultural e é oficialmente bilíngüe. Mais de 560 mil Alto-falantes de língua galeses vivem no País de Gales, onde ele é falado pela maioria da população em partes do norte e oeste. A partir do final do século 19 em diante, Wales adquiriu sua imagem popular como a "terra da música", atribuído em parte ao eisteddfod tradição. Em eventos esportivos internacionais, como a Copa do Mundo , Copa do Mundo de Rugby e os Jogos da Commonwealth , País de Gales é representado por equipas nacionais, embora com os Jogos Olímpicos , os atletas galeses competir como parte de um Grã-Bretanha equipe. A união do Rugby é visto como um símbolo da identidade de Gales e uma expressão da consciência nacional.

Etimologia

Etimologia de Gales

As palavras em inglês "Wales" e "Welsh" derivam da mesma Raiz germânica (singular Walh, Walha plural), o que significa um "estrangeiro", ou "estranho", que tinha sido "romanizado". O Ænglisc -Falando Anglo-saxões usou o termo Waelisc quando se refere ao Celta Britânicos e Wēalas quando se refere a suas terras. Os nomes de alguns modernos Terras continentais europeus (por exemplo, Valónia e Wallachia) e povos (por exemplo, o Vlachs através de um empréstimo em Eslavo eclesiástico) tem uma etimologia similar.

Historicamente, na Grã-Bretanha , as palavras não se restringiram ao País de Gales moderna ou para os galeses, mas foram usados para se referir a qualquer coisa que os anglo-saxões associados com os britânicos, incluindo outros territórios não-germânicos na Grã-Bretanha (por exemplo, Cornwall) e territórios germânicos particularmente associada com os britânicos Celtic (por exemplo, Walworth em County Durham e Walton em West Yorkshire), bem como os itens associados com os europeus não-germânicos (por exemplo, o nogueira).

Etimologia Cymru

O nome galês moderno para si é Cymry, e Cymru é o nome Galês do País de Gales. Estas palavras (ambos dos quais são pronunciadas [Kəm.rɨ]) são descendentes da Combrogi palavra Brythonic, que significa "compatriotas". A utilização da palavra Cymry como um auto-designação deriva do relacionamento era pós-romana do galês com os povos de língua Brythonic do norte da Inglaterra e sul da Escócia, os povos " Yr Hen Ogledd "(Inglês: The Old Norte). Ele enfatizou a percepção de que os galeses e os" Homens do Norte "eram um só povo, exclusivo de outros povos, em particular, o termo não foi aplicado ao. Cornish ou o Povos Breton, que são de herança semelhantes, cultura e linguagem para ambos os galeses e os Homens do Norte. A palavra entrou em uso como uma auto-descrição provavelmente antes do século 7. Ele é atestada em um poema de louvor Cadwallon ap Cadfan ("Moliant Cadwallon", de Afan Ferddig) c. 633. Em Literatura galesa, a palavra Cymry foi usada ao longo dos Idade Média para descrever o Galês, embora o, termo mais genérico mais velho Brythoniaid continuou a ser usado para descrever qualquer um dos Povos Britonnic (incluindo os galeses) e foi o termo literário mais comum até c. 1100. Posteriormente Cymry prevaleceu como uma referência para os galeses. Até c. 1560 a palavra foi escrito Cymry, independentemente de ele se referiu às pessoas ou a sua pátria.

O Formas latinizadas destes nomes, Cambriano, e Cambric Cambria, sobreviver como nomes alternativos menos utilizadas para País de Gales, País de Gales e da Galeses. Exemplos incluem o Montanhas Cambriano (que cobrem a maior parte do País de Gales e deu nome ao Cambriano período geológico ), o jornal " Cambrian News ", bem como as organizações Cambrianas Airways, Ferrovias Cambriano, Cambrian Archaeological Association e da Real Cambriano Academia de Arte. Fora País de Gales, uma forma relacionada sobrevive como o nome Cumbria em Noroeste da Inglaterra, que era uma vez uma parte de "Yr Hen Ogledd". Esta forma também aparece às vezes em referências literárias, talvez mais notavelmente na pseudohistorical " Historia Regum Britanniae "de Geoffrey de Monmouth, onde o personagem de Camber é descrito como o rei homônimo de Cymru.

História

Origens pré-históricas

Um baixo monte gramíneo com uma entrada em seu centro emoldurado por pedras ciclópicas
Bryn Celli Ddu, um Neolítico final câmaras túmulo em Anglesey

País de Gales tem sido habitada por os seres humanos modernos para, pelo menos, 29 mil anos. Datas habitação humana contínua a partir do fim do última idade do gelo, entre 12.000 e 10.000 anos antes do presente (AP), quando Mesolítico caçadores-coletores da Europa Central começaram a migrar para a Grã-Bretanha. Naquela época, os níveis do mar eram muito mais baixos do que hoje, e as partes mais rasas do que é hoje o Mar do Norte fosse terra seca. A costa leste da atual Inglaterra e da costa da atual Dinamarca, Alemanha e Países Baixos foram conectadas pela antiga massa de terra conhecida como Doggerland, formando a Península britânica no continente europeu . País de Gales estava livre de geleiras em cerca de 10.250 BP, o clima mais quente permitindo que a área se tornar densamente arborizada. A ascensão pós-glacial do nível do mar separado País de Gales e na Irlanda, formando o mar da Irlanda . Doggerland foi submersa pelo Mar do Norte e, por 8.000 BP, a Península britânico havia se tornado uma ilha. No início do Níveis do mar no Neolítico (6.000 BP c.) Canal de Bristol ainda eram cerca de 33 pés (10 metros) menor do que hoje. John Davies tem a teoria de que a história de Afogamento e contos em do Cantre'r Gwaelod Mabinogion, das águas entre País de Gales e Irlanda sendo mais estreito e raso, pode ser memórias populares distantes dessa época.

Colonos neolíticos integrados com os povos indígenas, gradualmente mudando seu estilo de vida de uma vida nômade de caça e coleta, a tornar-se agricultores assentados cerca de 6.000 BP - o Revolução Neolítica. Eles derrubaram florestas para estabelecer pastagens e cultivar a terra, desenvolveu novas tecnologias, tais como cerâmica e produção de têxteis, e construído cromeleques como Pentre Ifan, Bryn Celli Ddu e Parc Cwm longo monte de pedras entre cerca de 5.500 e 5.800 BP BP. Em comum com as pessoas que vivem em todo Grã-Bretanha, ao longo dos séculos seguintes, as pessoas que vivem no que viria a ser conhecido como Wales assimilado imigrantes e trocaram idéias da Idade do Bronze e da Idade do Ferro Culturas celtas. Conforme John T. Koch e outros, País de Gales na Idade do Bronze Final fazia parte de uma cultura de negociação de rede marítima que também incluiu o outro Nações celtas, Inglaterra, França, Espanha e Portugal, onde Línguas celtas desenvolvido. Até o momento da Invasão romana da Grã-Bretanha a área de Wales moderno foi dividida entre as tribos da Deceangli, Ordovices, Cornovii, Demetae e Silures por séculos.

Era romana

Roman.Wales.Forts.Fortlets.Roads.jpg

A conquista romana de Gales começou em 48 dC e levou 30 anos para ser concluído. Domínio romano durou mais de 300 anos. As campanhas de conquista são a característica mais conhecida de Gales durante a época romana , devido ao espírito, mas em última análise sem sucesso, a defesa de suas terras por duas tribos nativas: a Silures eo Ordovices. Domínio romano no País de Gales foi uma ocupação militar, para salvar a região costeira do sul de Gales do Sul, leste da Gower Peninsula, onde há um legado de romanização. A única cidade no País de Gales fundada pelos romanos, Caerwent, está em South Wales. Ambos Caerwent e Carmarthen, também no sul do País de Gales, tornou-se romana civitates. País de Gales tinha uma riqueza mineral rica. Os romanos utilizaram a sua engenharia A tecnologia para extrair grandes quantidades de ouro , cobre e chumbo , bem como pequenas quantidades de outros metais tais como zinco e prata . Desenvolvimento econômico Roman foi concentrada no sudeste da Grã-Bretanha, e não há indústrias significativas localizado no País de Gales. Isto foi em grande parte uma questão de circunstância, como País de Gales tinha nenhum dos materiais necessários em combinação adequada, eo, paisagem montanhosa de floresta não era passível de industrialização. Embora Latina tornou-se a língua oficial do País de Gales, as pessoas tendiam a continuar a falar em Brythonic. Enquanto romanização estava longe de ser completa, as classes mais altas do País de Gales começou a considerar-se Roman, especialmente depois da governando de 212 que concedeu Cidadania romana a todos os homens livres por todo o Império. Além disso influência romana veio através da difusão do cristianismo, que ganhou muitos seguidores depois de cristãos foram autorizados a adorar livremente em 313.

Uma moeda redonda desgastado com o perfil de um homem virado para a direita vestindo uma tiara fina, a inscrição MCMAXI MVSPFA circundante, com outras letras desgastado
Moeda de
Magnus Maximus

Os primeiros historiadores, incluindo o clérigo século 6 Gildas, observaram 383 como um ponto significativo na história Welsh, como se afirma na literatura como o ponto base de várias dinastias reais medievais. Naquele ano, o general romano Magnus Maximus, ou Macsen Wledig, despojado de todos Britain ocidental e do norte de tropas e administradores seniores, para lançar uma oferta bem sucedida para o poder imperial; continuar a governar a Grã-Bretanha a partir de Gália como Imperador. Gildas, escrevendo em cerca de 540, diz que Maximus deixou a Grã-Bretanha não só com todas as suas tropas romanas, mas também com todos os seus bandos armados, governadores e da flor de sua juventude, para nunca mais voltar. Tendo deixado com as tropas e administradores romanos, e planejar para continuar como o governante da Grã-Bretanha, no futuro, o seu curso prático foi o de transferir a autoridade local para os governantes locais. As primeiras genealogias galeses dar Maximus o papel de pai fundador de várias dinastias reais, incluindo os de Powys e Gwent. Foi esta transferência de poder que deu origem à crença de que ele era o pai da Nação Welsh. Ele é dado como o ancestral de um rei galês no Coluna de Eliseg, erigido quase 500 anos depois que ele deixou a Grã-Bretanha, e ele aparece em listas de Quinze Tribos de Gales.

Era pós-romana

Grã-Bretanha em AD 500: As áreas sombreadas rosa no mapa eram habitadas pelo Celta Britânicos, aqui rotuladas Welsh. As áreas azuis pálidos no leste eram controladas por Tribos germânicas, enquanto as áreas verdes pálidos para o norte eram habitadas pelo Gaels e pictos .

Os 400 anos que se seguiram ao colapso do domínio romano é o mais difícil de interpretar na história do País de Gales. Após Partida romana da Grã-Bretanha no ANÚNCIO 410, muita das planícies da Grã-Bretanha para o Oriente e Sudeste foram invadido por vários Povos germânicos. Antes de extensos estudos de distribuição de Subclades R1b Y-DNA, alguns usados para manter esse nativo Britânicos foram deslocados pelos invasores. Esta ideia foi descartada em face da evidência de que a população tem, principalmente, o mais tardar Origens da era Hallstatt, mas provavelmente tarde Neolítico, ou pelo mais antigo Origens do Mesolítico com pouca contribuição de áreas de origem anglo-saxões. No entanto, por 500 dC, a terra que se tornaria Wales tinha dividido em um número de reinos livres do domínio anglo-saxão. Os reinos Gwynedd, Powys, Dyfed e Seisyllg, Morgannwg e Gwent emergiram como independente Welsh Estados sucessores. A evidência arqueológica, nos Países Baixos e que viria a ser a Inglaterra, mostra precoce anglo-saxão migração para a Grã-Bretanha reverteu entre 500-550, que concorda com crônicas francos. John Davies observa isso como consistente com a Vitória britânica em Badon Hill, atribuída a Arthur por Nennius. Esta sobrevivência tenaz pela Romano-Britânicos e seus descendentes nos reinos ocidentais era tornar-se a fundação do que nós sabemos agora como Wales. Com a perda das planícies, reinos da Inglaterra Mercia e Northumbria, e mais tarde Wessex , lutou com Powys, e Gwent Gwynedd para definir a fronteira entre os dois povos.

Tendo perdido muito do que é agora o West Midlands a Mercia no sétimo séculos sexto e no início, um ressurgentes Powys sétimo do final do século verificado avanço de Mércia. Aethelbald de Mercia, olhando para defender as terras recém-adquiridas, tinha construído Dyke de Wat. Conforme John Davies, este esforço pode ter sido com Powys rei Próprio acordo de Elisedd ap Gwylog, no entanto, para este limite, estendendo-se para o norte do vale do rio Severn ao estuário de Dee, deu Oswestry para Powys. Outra teoria, depois de datação por carbono colocados existência do dique 300 anos antes, é que ele pode ter sido construída pelos governantes pós-romanas de Wroxeter. Rei Offa de Mercia parece ter continuado esta iniciativa consultiva quando criou um terraplenagem maior, agora conhecido como Dyke do Offa (Clawdd Offa). Davies escreveu de O estudo de Cyril Fox de Dyke do Offa:. "No planejamento do mesmo, havia um grau de consulta com os reis de Powys e Gwent Na Long Mountain perto Trelystan, o dique vira para o leste, deixando as encostas férteis nas mãos de os galeses; Rhiwabon perto, ele foi projetado para garantir que Cadell ap Brochwel retido posse da Fortaleza de Penygadden ". E, para Gwent, Offa teve o dique construído "na crista leste do desfiladeiro, claramente com a intenção de reconhecer que o Wye River e seu tráfego pertencia ao reino de Gwent. "No entanto, as interpretações da Fox, tanto do comprimento e da finalidade da Dyke tem sido questionada por estudos mais recentes. Dyke do Offa permaneceu em grande parte da fronteira entre o galês e Inglês, embora os galeses faria recuperar pelo século 12 a área entre o Dee (Afon Dyfrdwy), eo Conwy então conhecido como Y Berfeddwlad. Até o século VIII, as fronteiras orientais com o Anglo-saxões amplamente tinha sido definido.

Em 853 o Vikings invadiu Anglesey, mas em 856 Rhodri Mawr derrotado e morto o seu líder, Gorm. Os bretões do País de Gales mais tarde fez as pazes com os Vikings e Anarawd ap Rhodri aliado com os nórdicos ocupando Northumbria para conquistar o norte. Esta aliança mais tarde quebrou e Anarawd chegou a um acordo com Alfred , rei de Wessex , com quem ele lutou contra a oeste de Galês. Conforme Annales Cambriae, em 894, "Anarawd veio com os anglos e Ceredigion devastado e Ystrad Tywi."

Medieval País de Gales

North Wales Principados , 1267-1276

As regiões sul e leste da Grã-Bretanha perdeu para liquidação Inglês tornou-se conhecida em Galês como Lloegyr (Modern Lloegr Welsh), o que pode ter se referido ao reino de Mércia originalmente, e que veio para se referir a Inglaterra como um todo. As tribos germânicas que agora dominavam estas terras eram invariavelmente chamado saeson, que significa " Saxões ". Os anglo-saxões chamado o Romano-britânica" Walha ', que significa "estrangeiro romanizado" ou "estrangeiro". Os galeses continuaram a chamar-se Brythoniaid (Brythons ou britânicos) bem na Idade Média , embora a primeira prova escrita do uso de Cymru e y Cymry é encontrado em um poema de louvor Cadwallon ap Cadfan (Moliant Cadwallon, por Afan Ferddig) c. 633. Em Armes Prydain, que se acredita ser escrito por volta de 930-942, as palavras Cymry e Cymro são utilizados tão frequentemente quanto 15 vezes. No entanto, a partir do assentamento anglo-saxão em diante, as pessoas gradualmente começar a adotar o nome Cymry sobre Brythoniad.

em cima de uma colina gramada fica a duas fortificações construídas retangulares. A uma à esquerda é ruinoso, enquanto o um para a direita aparece com toda ameias
Dolwyddelan Castle - construído por Llywelyn ab Iorwerth no início do século 13 para vigiar uma das rotas vale em Gwynedd

De 800 em diante, uma série de casamentos dinásticos levaram a De Rhodri Mawr (r. 844-77) de herança Gwynedd e Powys. Seus filhos por sua vez, encontrou três principais dinastias ( Aberffraw para Gwynedd, Dinefwr para Deheubarth, e Mathrafal para Powys). O neto de Rhodri Hywel Dda (r. 900-50), fundada Deheubarth fora de sua materna e paterna de heranças Dyfed e Seisyllwg em 930, expulsou o Dinastia Aberffraw de Gwynedd e Powys, e depois codificado lei Welsh nas 940S. Maredudd ab Owain (r. 986-99) de Deheubarth (neto de Hywel) seria, (novamente) desalojar temporariamente a linha Aberffraw de controle de Gwynedd e Powys.

Bisneto de Maredudd (através de sua filha, a princesa Angharad) Gruffydd ap Llywelyn (r. 1039-1063) iria conquistar reinos de seus primos de sua base em Powys, e até mesmo estender sua autoridade em Inglaterra. Historiador John Davies afirma que Gruffydd era "o único rei galês nunca para governar sobre todo o território do País de Gales ... Assim, de cerca de 1057 até sua morte em 1063, o conjunto de Gales reconheceu a realeza de Gruffudd ap Llywelyn. Por cerca de sete breve anos, País de Gales foi um, sob um governante, um feito com precedente nem sucessor. " Owain Gwynedd (1100-1170) da linha Aberffraw foi o primeiro governante galês usar o princeps título Wallensium (príncipe do País de Gales), um título de substância dada a sua vitória sobre o Berwyn Montanhas, de acordo com John Davies.

A estátua de um homem em uma capa de túnica curta e apertou em seu ombro direito, esculpido em pedra branca. A figura, definido dentro de costas para uma janela arqueada, segura uma espada para baixo pontas em sua mão direita e um rolo na sua esquerda.
Escultura de Owain Glyndŵr (c 1354 ou 1359 -.. C 1416) em Cardiff City Hall

Dentro de quatro anos da Batalha de Hastings Inglaterra havia sido completamente subjugada pelo Normandos. William I de Inglaterra estabeleceu uma série de senhorios, atribuído a seus guerreiros mais poderosos ao longo da fronteira galesa, os limites fixados apenas para o leste. Esta região de fronteira, e quaisquer senhorias Inglês-detidos no País de Gales, tornou-se conhecido como Marchia Wallie, o Welsh Marches, em que o Marcher Lordes foram sujeitos a nenhum Inglês nem lei Welsh . A área da Marcha variados como as fortunas dos Senhores Marcher e os príncipes de Gales subia e descia. A March of Wales, que existe há mais de 450 anos, foi abolido sob o Atos de União em 1536.

O neto de Owain Gwynedd Llywelyn Fawr (o Grande, 1173-1240), arrancou concessões fora da Magna Carta em 1215 e recebendo o lealdade de outros senhores galeses em 1216 no município em Aberdyfi, tornou-se o primeiro Príncipe de Gales. Seu neto Llywelyn ap Gruffydd também garantiu o reconhecimento do título Prince of Wales de Henry III com o Tratado de Montgomery em 1267. Mais tarde, no entanto, uma sucessão de conflitos, incluindo a prisão da esposa de Llywelyn Eleanor, filha de Simon de Montfort, culminou com a primeira invasão pelo rei Eduardo I da Inglaterra . Como resultado da derrota militar, o Tratado de Aberconwy exigiu lealdade de Llywelyn para a Inglaterra em 1277. A paz foi de curta duração e, com o 1282 Conquista Edwardian, a regra dos príncipes de Gales permanentemente encerrado. Com a morte de Llywelyn e seu irmão príncipe Execução de Dafydd, poucos remanescentes Senhores galeses fizeram homenagem para suas terras para Edward eu cabeça de Llywelyn foi realizada através de Londres, em uma lança.; sua filha bebê Gwenllian estava trancada no Priory at Sempringham, onde permaneceu até sua morte 54 anos mais tarde.

Castelo de Caernarfon

Para ajudar a manter a sua posição dominante, Edward construiu uma série de grandes castelos de pedra. Beaumaris, Caernarfon e Conwy. Seu filho, o futuro rei Eduardo II da Inglaterra , foi carregado em New Castle de Edward em Caernarfon em 1284. Ele se tornou o primeiro Inglês Príncipe de Gales, não como uma criança, mas em 1301. A história apócrifa que Edward enganou o galês, oferecendo-lhes um príncipe galês-nascido que poderia falar Inglês não foi registrado pela primeira vez em 1584. O título também proporcionou uma renda a partir do norte- parte oeste de Wales conhecida como a Principado de Gales, até que o Ato de União (1536), após o que o termo principado, quando utilizado, foi associado com o conjunto do País de Gales. Após a fracassada revolta em 1294-95 de Madog ap Llywelyn - que se denominou o príncipe de Gales no chamado- Penmachno de documentos - não houve grande levante até que liderado por Owain Glyndŵr um século mais tarde, contra Henry IV de Inglaterra . Em 1404, Owain foi supostamente coroado príncipe de Gales na presença de emissários da França, Espanha e Escócia. Glyndŵr passou a realizar assembléias parlamentares em várias cidades galeses, incluindo Machynlleth. A rebelião acabou por ser o fundador, no entanto, e Owain passou a se esconder em 1412, com a paz que está sendo restaurado essencialmente no País de Gales por 1415. Embora a conquista Inglês de Gales teve lugar sob a 1284 Estatuto de Rhuddlan, uma união formal não ocorreu até 1536, pouco depois que a lei Welsh, que continuou a ser usado no País de Gales após a conquista, foi integralmente substituída pela lei Inglês, em que se tornaria conhecido como o Ato de União.

Industrial País de Gales

Dowlais Ironworks por George Childs (1840)

Antes da britânica Revolução Industrial , que viu uma rápida expansão econômica entre 1750 e 1850, havia sinais de indústrias de pequena escala espalhadas por todo País de Gales. Estes variaram de indústrias ligadas à agricultura, tais como moagem e fabricação de tecidos de lã, por meio de minas e pedreiras. Até a Revolução Industrial, País de Gales tinha sido sempre dependente da sua produção agrícola para a sua riqueza e de emprego e as primeiras empresas industriais foram de pequena escala e localizada em forma. O período industrial emergente iniciado em torno do desenvolvimento de fundição de cobre no ?rea de Swansea. Com acesso a depósitos de carvão locais e um porto que poderia tirar proveito de minas de cobre da Cornualha e os depósitos de cobre que está sendo extraído do então maior mina de cobre do mundo em Parys Montanha em Anglesey, Swansea desenvolveu em grande centro do mundo para a fundição de metais não ferrosos no século 19. A segunda indústria de metais para expandir no País de Gales foi fundição de ferro, e fabricação de ferro tornou-se predominante, tanto no norte como no sul do país. No norte do País de Gales, Ironworks de John Wilkinson em Bersham era uma indústria significativa, enquanto que no sul, um segundo centro mundial de metalurgia foi fundada em Merthyr Tydfil, onde os quatro ferragens de Dowlais, Cyfarthfa, Plymouth e Penydarren se tornou o centro mais importante de fabricação de ferro no País de Gales. Na década de 1820, Gales do Sul sozinho respondeu por 40% de todo ferro gusa fabricado na Grã-Bretanha.

No final do século 18, ardósia pedreiras começou a expandir-se rapidamente, principalmente no norte de Gales. O local mais notável, inaugurado em 1770 pelo Richard Pennant, é Penrhyn pedreira que, no final do século 19, estava empregando 15 mil homens; e juntamente com Dinorwic Pedreira, dominavam o comércio de ardósia galês. Embora ardósia pedreiras tem sido descrito como "o mais Welsh das indústrias galeses ', é a mineração de carvão que se tornou a única indústria sinônimo de Gales e de seu povo. Inicialmente, veios de carvão foram exploradas para fornecer energia para as indústrias de metal locais, mas, com a abertura do sistema de canais e mais tarde os caminhos de ferro, mineração de carvão galês viu um boom de sua demanda. Como o Wales sul coalfield foi explorado, principalmente nos vales de montanha ao redor Aberdare e mais tarde o Rhondda, os portos de Swansea, Cardiff e Penarth mais tarde, se transformou em exportadores mundiais de carvão e, com eles, veio um boom populacional. Por seu auge em 1913, País de Gales estava produzindo quase 61 milhões de toneladas de carvão. Bem como em Gales do Sul, houve também uma região carbonífera significativa no Nordeste do país, particularmente em torno Wrexham. Como Wales era dependente da produção de bens de capital, em vez de bens de consumo, que possuía alguns dos artesãos qualificados e artesãos encontrado nas oficinas de Birmingham ou Sheffield na Inglaterra e teve poucas fábricas que produzem bens acabados - uma característica fundamental da maioria das regiões associadas com a Revolução Industrial. No entanto, há cada vez mais apoio que a revolução industrial foi dependente de aproveitar a energia e os materiais fornecidos pelo País de Gales e, nesse sentido, País de Gales foi de importância central.

Modern País de Gales

Batalha em Mametz Madeira por Christopher Williams (1918)

Historiador Kenneth Morgan descreveu País de Gales, na véspera da Primeira Guerra Mundial como uma "nação relativamente calmo, confiante e bem sucedida". Saída das bacias continuou a aumentar, com o Vale do Rhondda a gravação de um pico de 9,6 milhões de toneladas de carvão extraído em 1913. A eclosão da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) viu País de Gales, como parte do Reino Unido, digite hostilidades com Alemanha. Um total de 272.924 galeses serviu na guerra, o que representa 21,5% da população masculina. Destes, cerca de 35.000 foram mortos. Os dois mais notáveis batalhas da Guerra de incluir Forças galesas foram aqueles em Mametz Madeira sobre o Somme e Terceiro Ypres.

O primeiro trimestre do século 20 também viu uma mudança no cenário político do País de Gales. Desde 1865, o Partido Liberal havia realizado uma maioria parlamentar e no País de Gales, na sequência da eleição geral de 1906, apenas um não-Liberal membro do Parlamento, Keir Hardie de Merthyr Tydfil, representou um eleitorado galês em Westminster. No entanto, em 1906, a dissensão industrial e militância política começou a minar o consenso liberal nas bacias do sul. Em 1916, David Lloyd George tornou-se o primeiro galês para se tornar primeiro-ministro da Grã-Bretanha quando foi feito a cabeça da 1.916 governo de coalizão. Em dezembro de 1918, Lloyd George foi reeleito à frente de um governo de coalizão conservador dominado, e sua manipulação pobre da greve dos mineiros de carvão 1919 'foi um fator-chave na destruição de apoio ao partido Liberal no sul do País de Gales. Os trabalhadores industriais do País de Gales começou a mudar em direção a uma nova organização política, estabelecida por Hardie e outros para assegurar uma representação eleita para a classe trabalhadora, e agora chamado o Partido Trabalhista. Quando em 1908 o Federação dos Mineiros da Grã-Bretanha tornou-se afiliada ao Partido Trabalhista dos quatro candidatos trabalhistas patrocinados por mineiros foram todos eleitos como deputados. Em 1922, metade dos assentos galeses em Westminster foram realizadas por políticos trabalhistas, que foi o início de uma hegemonia do Trabalho que iria dominar Wales no século 21.

Apesar do crescimento econômico nas duas primeiras décadas do século 20, a partir do início de 1920 até final de 1930, as indústrias de grampos do País de Gales sofreu uma recessão prolongada, conduzindo ao desemprego e à pobreza generalizada nos vales South Wales. Pela primeira vez em séculos, a população do País de Gales entrou em declínio; o flagelo do desemprego só cedeu às exigências de produção da Segunda Guerra Mundial . A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) viu recrutas galeses e mulheres lutar em todos os principais teatros de guerra, com cerca de 15.000 deles mortos. Bombardeios trouxe perdas de vidas humanas como a Força Aérea Alemã alvo as docas em Swansea, Cardiff e Pembroke. Depois de 1943, 10% dos recrutas galeses com idades entre 18 foram enviados para trabalhar nas minas de carvão para corrigir a escassez de trabalho; que ficou conhecido como Bevin Boys. Pacifista números durante as duas Guerras Mundiais foram relativamente baixos, especialmente na Segunda Guerra Mundial, o que foi visto como uma luta contra o fascismo. Dos partidos políticos ativos no País de Gales, apenas a Plaid Cymru defendeu uma posição neutra, com o fundamento de que se tratava de uma "guerra imperialista".

um muro em ruínas, salpicada com tinta vermelha, em que a tinta branca é escrito as palavras "cofiwch Dryweryn '
Unofficial memorial graffiti Capel Celyn, Tryweryn (Lembre-se Tryweryn) a Llanrhystud, perto de Aberystwyth

O século 20 viu um revival no sentimento nacional de Galês. Plaid Cymru foi formada em 1925, em busca de maior autonomia ou a independência do resto do Reino Unido. Em 1955, o termo Inglaterra e País de Gales se tornou comum para descrever a área em que o direito aplicado Inglês, e Cardiff foi proclamado como capital do País de Gales. Cymdeithas ano Iaith Gymraeg (The Welsh Society Language) foi formada em 1962, em resposta a temores de que a língua pode morrer em breve para fora. Sentimento nacionalista cresceu após a inundação do Vale Tryweryn em 1965 para criar um reservatório de abastecimento de água à cidade Inglês de Liverpool . Apesar de 35 dos 36 membros do Parlamento galês votar contra o projeto de lei, com a outra abstenção, o Parlamento ainda aprovou a lei ea vila de Capel Celyn estava submerso, destacando impotência Wales 'em seus próprios assuntos em face da superioridade numérica dos ingleses deputados no Parlamento de Westminster. Tanto o Exército Livre País de Gales e Mudiad Amddiffyn Cymru (Movimento de Defesa Welsh, abreviado como MAC) foram formadas como resultado direto da destruição Tryweryn, realizando campanhas de 1963. Nos anos que antecederam a investidura do príncipe Charles como o príncipe de Gales em 1969, esses grupos foram responsáveis por uma série de explosões de bombas destruidoras de tubulações de água, fiscal e outros escritórios, e parte da barragem no novo Projeto reservatório Clywedog em Montgomeryshire; que está sendo construído para fornecer água para o Midlands Inglês. Em 1966, a Assento parlamentar Carmarthen foi ganho por Gwynfor Evans em uma eleição, primeiro assento Parlamentar do Plaid Cymru. No ano seguinte, o País de Gales e Berwick Act 1746 foi revogado e uma definição jurídica do País de Gales e da fronteira com a Inglaterra foi afirmado.

Até o final da década de 1960, a política regional de trazer empresas em áreas desfavorecidas do País de Gales através de incentivos financeiros, tinha se mostrado muito bem sucedido na diversificação da paisagem industrial uma vez. Esta política, iniciada em 1934, foi reforçado pela construção de parques industriais e melhoria das comunicações de transporte, principalmente o M4 auto-estrada que liga Wales diretamente para Londres. Havia uma crença de que as bases para um crescimento econômico estável tinha sido firmemente estabelecida no País de Gales durante este período; mas essas opiniões foram mostrados para ser muito otimista após a recessão do início da década de 1980 viu o colapso de grande parte da base de fabricação que tinha sido construída durante os últimos 40 anos.

O primeiro referendo, em 1979, em que o eleitorado galês votada a criação de um conjunto de Gales resultou em uma grande maioria para o voto "não". No entanto, em 1997, um referendo sobre a mesma questão garantiu um "sim", embora por uma maioria muito estreita. O Assembleia Nacional do País de Gales ( Cynulliad Cenedlaethol Cymru ) foi criado em 1999 (em consequência do Governo do País de Gales Act 1998) e possui o poder de determinar como o orçamento do governo central do País de Gales é gasto e administrados, embora o parlamento do Reino Unido reserva-se o direito de estabelecer limites para os poderes da Assembleia galesa.

Os governos do Reino Unido e do País de Gales País de Gales quase invariavelmente definir como um país. Welsh Assembly Government diz: "Wales não é uma Principado Embora estamos unidos com a Inglaterra por terra, e nós somos parte da Grã-Bretanha, País de Gales é um país em seu próprio direito.". O título Prince of Wales ainda é conferido à herdeiro do trono britânico, atualmente o príncipe Charles . No entanto, o príncipe de Gales não tem nenhum papel constitucional no País de Gales moderna. De acordo com o governo galês: "Nosso príncipe de Gales no momento é o príncipe Charles, que é o atual herdeiro do trono Mas ele não tem um papel na governação do País de Gales, apesar de seu título pode sugerir que ele faz. . "

Governo e política

Emblema real de Wales, usado pelo Assembléia nacional

Wales é um país que seja parte do Reino Unido. Constitucionalmente, o Reino Unido é um de jure , estado unitário, o seu parlamento e governo em Westminster . Na Câmara dos Comuns - a câmara baixa do governo do Reino Unido - Wales é representado por 40 deputados (de 650) a partir . eleitorado galês do Trabalho MPs segurar 26 das 40 cadeiras, os democratas liberais realizar três assentos, Plaid Cymru , três e Os conservadores , oito. A Secretário de Estado do País de Gales senta-se no gabinete do Reino Unido e é responsável por representar os assuntos relativos ao País de Gales. O País de Gales Office é um departamento do Governo do Reino Unido, responsável por Wales. David Jones tem sido Secretário de Estado do País de Gales desde 4 Setembro de 2012, substituindo Cheryl Gillan em uma remodelação do gabinete.

Referendos realizados no País de Gales e Escócia, em 1997 escolheu para estabelecer uma forma de auto-governo em ambos os países. No País de Gales, o conseqüente processo de descentralização começou com o Governo do País de Gales Act 1998, que criou a Assembleia Nacional do País de Gales ( Welsh: Cynulliad Cenedlaethol Cymru ). Competências do Secretário de Estado do País de Gales foram transferidos para o governo devolvido em 1 de julho de 1999, que concede a responsabilidade Assembleia para decidir como do orçamento do governo dos Westminster para áreas descentralizadas são gastos e geridos. O Act 1998 foi alterado pelo Governo do País de Gales Act 2006 que realçou os poderes da Assembleia, dando-lhe poderes legislativos semelhante ao O parlamento escocês e Assembléia da Irlanda do Norte. A Assembleia é composta por 60 membros, conhecidos como membros da Assembleia ( Aelodau y Cynulliad ). Membros (AMS ( Acaú )) são eleitos para mandatos de quatro anos no âmbito de um sistema de membro adicional. Quarenta das AMs representam geográficas círculos eleitorais, eleitos sob a First Past the sistema Post. Os restantes vinte AMs representam cinco regiões eleitorais, cada uma representando entre sete e nove círculos eleitorais, usando o método d'Hondt de representação proporcional. A Assembléia deve eleger um primeiro-ministro, que escolhe ministros para formar o Governo galês.

O Senedd (edifício da Assembleia Nacional), projetado porRichard Rogers, abriu nodia de St David (1 de Março) 2006

Trabalho continua a ser o maior partido da Assembleia na sequência da eleição de 2007, ganhando 26 dos 60 lugares. Ter o apoio suficiente para formar um governo, o Partido Trabalhista introduzidos na « Um acordo Wales 'com Plaid Cymru, formando uma coalizão, com o líder do Partido Trabalhista como Primeiro Ministro. Carwyn Jones foi Primeiro-Ministro e líder de Galês do Trabalho desde Rhodri Morgan aposentado do cargo em dezembro de 2009, depois de nove anos e dez meses como primeiro-ministro. Ieuan Wyn Jones, Vice-Primeiro Ministro no governo de coalizão, era líder do Plaid Cymru, o segundo maior partido na Assembléia com 14 dos 60 lugares. Sob o acordo "Um País de Gales, um referendo sobre dando as Welsh Assembly completos poderes legislativos foi prometido ", logo que possível, antes ou no final do prazo de montagem (em 2011)" e ambas as partes concordaram "em boa fé para fazer campanha para um resultado positivo para tal referendo ".

Galês do Trabalho novamente permaneceu como o maior partido no seio da Assembleia na sequência da Assembleia Nacional para a eleição País de Gales de 2011 vencendo 30 dos 60 lugares. Outros partidos representados na Assembleia são os Covervatives Galês, o leal oposição, com 14 assentos, Plaid Cymru , que têm 11 assentos e os Liberais Democratas de Galês com cinco assentos. Carwyn Jones manteve-se primeiro-ministro após as eleições, desta vez levando uma equipe ministerial Galês do Trabalho. O Presidente da Mesa da Assembleia é Rosemary Butler de Galês do Trabalho.

Os vinte áreas de responsabilidade delegados ao Governo Welsh, conhecido como "sujeitos", incluem a agricultura, o desenvolvimento económico, a educação, a saúde, a habitação, o governo local, serviços sociais, turismo, transporte e língua galesa. Em sua criação em 1999, a Assembleia Nacional do País de Gales não tinha poderes legislativos primários. No entanto, uma vez que o Governo do País de Gales Act 2006 (Gowa 2006) entrou em vigor em 2007, a Assembleia tinha poder para aprovar legislação primária como medidas de montagem em alguns assuntos específicos dentro das áreas desconcentrada de responsabilidade. Outras questões foram adicionados posteriormente, seja diretamente pelo Parlamento do Reino Unido ou pelo Parlamento do Reino Unido aprova um Legislativa Competência Order (LCO); um pedido da Assembleia Nacional para poderes adicionais. O Gowa de 2006 prevê para a Assembleia para ganhar poderes legislativos primários em uma gama mais ampla de questões dentro das mesmas áreas descentralizadas, se aprovado em um referendo.

A referendo sobre a extensão dos poderes legislativos da Assembleia Nacional foi, portanto, realizada em 3 de março de 2011. Ele fez a pergunta: "Você quer da Assembleia agora para poder legislar sobre todas as matérias nas 20 áreas temáticas que tem poderes para ? " O resultado da votação foi que 63,49% votaram "sim", e 36,51% votaram "não". Consequentemente, a Assembleia é agora capaz de fazer leis, conhecidas como Atos da Assembleia, sobre todas as questões nas áreas temáticas, sem a necessidade de acordo do Parlamento do Reino Unido.

País de Gales é também uma distinta Reino Unidoregião eleitoral da União Europeia representada por quatro Os membros do Parlamento Europeu.

O governo local

Para efeitos de governo local, País de Gales foi dividido em 22 áreas do conselho desde 1996. Estas "áreas principais" são responsáveis ​​pelo fornecimento de todos os serviços do governo local, incluindo a educação, serviço social, meio ambiente e serviços estradas.

Mapa de áreas principais
noframe
  • Blaenau Gwent †
  • Bridgend (Pen-y-bont ar Ogwr)
  • Caerphilly (Caerffili)
  • Cardiff (Caerdydd) *
  • Carmarthenshire (Sir Gaerfyrddin)
  • Ceredigion
  • Conwy †
  • Denbighshire (Sir Ddinbych)
  • Flintshire (Sir y Fflint)
  • Gwynedd
  • Ilha de Anglesey (Ynys Môn)
  • Merthyr Tydfil (Merthyr Tudful)
  • Monmouthshire (Sir Fynwy)
  • Neath Port Talbot (Castell-nedd Port Talbot)
  • Newport (Casnewydd) *
  • Pembrokeshire (Sir Benfro)
  • Powys
  • Rhondda Cynon Taf †
  • Swansea (Abertawe) *
  • Torfaen (Tor-faen)
  • Vale of Glamorgan (Bro Morgannwg)
  • Wrexham (Wrecsam)

Áreas são Concelhos, a menos marcados * (das Cidades) ou † (para County boroughs). formas Galês-língua são dadas em parênteses, onde eles diferem do Inglês.

Nota: País de Gales tem seis cidades. Além de Cardiff, Newport Swansea e, as comunidades de Bangor, Saint Asaph e St Davids também têm o estatuto de cidade no Reino Unido .

A lei ea ordem

A half timbered building of two floors, with four sets of leaded windows to the front aspect and one set to the side. The build has a steep, slate roof, with a single chimney placed left of centre. Steps and a ramp lead up to its single visible entrance.
The Old Court House,Ruthin,Denbighshire, construído 1401, na sequênciado ataque de Owain Glyndŵr na cidade

Por tradição, a Lei Welsh foi compilado durante uma assembléia realizada na Whitland cerca de 930 CE por Hywel Dda, rei de mais de Gales entre 942 e sua morte em 950. A "lei de Hywel Dda" ( Galês: Cyfraith Hywel ), como ficou conhecido, codificou as anteriormente existentes leis folclóricas e costumes jurídicos que evoluíram ao longo dos séculos no País de Gales. Lei Welsh enfatizou o pagamento de indemnizações por um crime à vítima ou parentes da vítima, em vez de punição pelo governante. Outros do que no Marches, onde a lei foi imposta pelos Senhores Marcher, Direito Welsh permaneceu em vigor no País de Gales até o Estatuto do Rhuddlan em 1284. Edward I de Inglaterra anexou o Principado de Gales após a morte de Llywelyn o Último e Welsh Lei foi substituído por casos criminais nos termos do Estatuto. Lei Marcher e Direito Welsh (para os processos civis) manteve-se em vigor até Henry VIII de Inglaterra anexa o todo de Gales sob as Leis do País de Gales Atos 1535-1542 (muitas vezes referidos como os Atos de União de 1536 e 1543), depois do qual Inglês Direito aplicado ao total do País de Gales. O País de Gales e Lei Berwick 1746, desde que todas as leis que se aplicam a Inglaterra seria aplicável automaticamente ao País de Gales (e da cidade fronteiriça anglo-escocesa de Berwick) a menos que a lei expressamente indicado em contrário. Este ato, no que diz respeito ao País de Gales, foi revogada em 1967. No entanto, excluindo os assuntos atribuídos ao País de Gales desde 1999, a lei Inglês tem sido o sistema jurídico do País de Gales e Inglaterra desde 1536.

Direito Inglês é considerado como uma lei comum do sistema, sem grandes codificação da lei, legais e precedentes são vinculativas em oposição ao convincente. O sistema judicial é encabeçado pelo Supremo Tribunal do Reino Unido, que é o mais alto tribunal de apelação na terra para os casos civis e criminais. O Supremo Tribunal da Judicatura de Inglaterra e do País de Gales é o mais alto tribunal de primeira instância, bem como um tribunal de apelação. As três divisões são o Tribunal de Recurso; o Supremo Tribunal de Justiça e os Crown Court. casos menores são ouvidos pelos Tribunais Magistrados ou o County Court. Em 2007, o País de Gales e Cheshire Região (conhecido como o Circuito País de Gales e Cheshire antes de 2005) chegou ao fim quando Cheshire foi anexado à Inglaterra Região Noroeste. A partir desse ponto País de Gales se tornou uma unidade jurídica de direito próprio.

O galês Assembleia tem autoridade para elaborar e aprovar leis fora do Reino Unido Parlamentar sistema para atender às necessidades específicas do País de Gales. Sob poderes aprovados por um referendo realizado em março de 2011, é capaz de aprovar uma legislação primária conhecida como Atos da Assembleia em relação a vinte temas listados no Governo do País de Gales Act 2006, como saúde e educação. Através desta legislação primária, o Governo galês pode também elaborar mais específica legislação secundária.

Wales é servido por quatro forças policiais regionais, Dyfed Powys-de Polícia, Polícia Gwent, North Wales Polícia e Polícia South Wales. Existem quatro prisões no País de Gales, embora todos são baseados na metade sul do país. Bem como qualquer disposição do norte para os prisioneiros de Galês, não há presídios femininos no País de Gales, com os presos sendo alojados em prisões na Inglaterra.

Geografia e história natural

Tor Bay eThree Cliffs Bay,Gower, Swansea

Wales é um geralmente montanhoso país no lado ocidental do centro-sul da Grã-Bretanha . Trata-se de 274 km (170 milhas) ao norte-sul e 97 km (60 milhas) a leste-oeste. O 'freqüentemente citada tamanho de Gales 'é de cerca de 20,779 km 2 (8,023 sq mi). Wales é limitado por Inglaterra ao leste e por mar em todas as outras direções: o Mar da Irlanda para o norte e oeste, Canal de São Jorge e do mar Céltico para o sudoeste eo canal de Bristol para o sul. Ao todo, País de Gales tem mais de 1,180 km (730 mi) de litoral. Mais de 50 ilhas estão fora do continente Welsh; sendo a maior Anglesey, no Noroeste.

Snowdon,Gwynedd, a montanha mais alta no País de Gales

Grande parte da paisagem diversificada do País de Gales é montanhosa, especialmente nas regiões norte e centro. As montanhas foram moldadas durante a última idade do gelo, a glaciação Devensian. As montanhas mais altas do País de Gales estão em Snowdonia ( Eryri ), dos quais cinco são mais de 1.000 m (3.300 pés). O maior destes é Snowdon ( Yr Wyddfa ), em 1085 m (3.560 pés). A 14 (ou 15, se incluindo Garnedd Uchaf, muitas vezes com desconto devido à sua baixa proeminência topográfica) montanhas galesas mais de 3.000 pés (910 metros) de altura são conhecidos coletivamente como os 3000s galeses e estão localizados em uma pequena área no norte-oeste.

A maior fora do 3000s éAran Fawddwy, em 905 metros (2969 pés), no sul de Snowdonia. O Brecon Beacons (Bannau Brycheiniog) estão no sul (ponto mais altoPen-y-Fan, a 886 metros (2.907 pés)) , e são unidas pelasmontanhas cambrianas em Mid Wales.O ponto mais elevado éPumlumon em 752 metros (2.467 pés).

Mapa de relevo de Gales:
 Topografia acima de 600 pés (180 m)

Wales tem três parques nacionais: Snowdonia, Brecon Beacons e Pembrokeshire Coast. Ele tem cinco áreas de grande beleza natural. Estas áreas incluem Anglesey, a Faixa Clwydian, a península de Gower eo Vale Wye. A península de Gower foi a primeira área no Reino Unido a ser designada como uma área de impressionante beleza natural, em 1956. Quarenta e dois por cento da costa de South West Wales e é designado como Heritage Coast, com 13 faixas designadas específicas de costa mantidos pelo Conselho Campo de Gales. A partir de 2012 o litoral do País de Gales tem 43 praias com Bandeira Azul e cinco marinas Bandeira Azul. Apesar de sua herança e premiado praias; as costas sul e oeste do País de Gales, juntamente com as costas da Irlanda e da Cornualha, são freqüentemente atingido por Atlantic westerlies / westerlies sul que, ao longo dos anos, se afundaram e muitos navios naufragados. Na noite de 25 de Outubro de 1859, mais de 110 navios foram destruídos ao largo da costa do País de Gales quando um furacão soprava do Atlântico. Mais de 800 vidas foram perdidas em toda a Grã-Bretanha devido à tempestade, mas a maior tragédia foi o naufrágio do Royal Carta ao largo da costa de Anglesey em que 459 pessoas morreram. O número de naufrágios ao redor da costa de Gales atingiu um pico no século 19 com mais de 100 perdas de artesanato e uma perda média de vida de cerca de 78 marinheiros por ano. Wartime ação causou perdas perto Holyhead, Milford Haven e Swansea. Devido às rochas no mar e ilhas sem iluminação, Anglesey e Pembrokeshire ainda são notórios por naufrágios, mais notavelmente o Sea Empress Desastres em 1996.

A primeira fronteira entre o País de Gales e Inglaterra era zonal, para além de todo o Wye River, que foi o primeiro limite aceito. Dyke do Offa era para formar uma linha distinta cedo, mas este foi frustrado por Gruffudd ap Llewellyn, que recuperou faixas de terra além do dique. O Ato de União de 1536 formou uma fronteira linear que se estende desde a foz do Dee para a boca do Wye. Mesmo após o Ato de União, muitas das fronteiras permaneceram vaga e móvel até o fechamento ato Welsh domingo de 1881, que obrigou as empresas locais a decidir em que país eles caíram dentro de aceitar tanto o galês ou lei Inglês.

Llyn y Fan Fawr, Powys, dentro doParque Nacional de Brecon Beacons

O Sete Maravilhas do País de Gales é uma lista em doggerel verso de sete pontos de referência geográficos e culturais no País de Gales, provavelmente, compostas no final do século 18, sob a influência do turismo da Inglaterra. Todas as "maravilhas" são no norte de Gales: Snowdon (a montanha mais alta), os sinos Gresford (o repique de sinos na igreja medieval de Todos os Santos na Gresford), a ponte Llangollen (construído em 1347 sobre o rio Dee), St Bem de Winefride (um local de peregrinação em Holywell) em Flintshire, o Wrexham ( Wrecsam ) campanário (torre do século 16 Igreja de St Giles, Wrexham), os Overton teixos (teixos antigos no adro da igreja de Santa Maria em Overton- on-Dee) e Pistyll Rhaeadr - uma cachoeira alto, a 240 pés (73 m). As maravilhas fazem parte da rima:

Pistyll Rhaeadr e Wrexham campanário,
Montanha de Snowdon sem seu povo,
Overton teixos, de São Winefride Wells,
Ponte Llangollen e Gresford sinos.

Geologia

A mais antiga geológico período da era Paleozóica, o Cambriano , leva o seu nome das montanhas cambrianas em meados de Gales, onde os geólogos primeiro identificou restos do Cambriano. Em estudos evolutivos do Cambriano é o período em que a maioria dos grandes grupos de animais complexos apareceu (a explosão cambriana ). As rochas mais antigas subjacentes às rochas cambrianas no País de Gales faltava fósseis que poderiam ser usados ​​para diferenciar os seus vários grupos e foram referidos como pré-cambriano .

Em meados do século 19, dois geólogos proeminentes, Roderick Murchison e Adam Sedgwick (quem primeiro propôs o nome do período Cambriano), usado de forma independente os seus estudos sobre a geologia do País de Gales para estabelecer certos princípios de Estratigrafia e Paleontologia . Os próximos dois períodos da era paleozóica, o Ordoviciano e Siluriano , foram nomeados após tribos celtas antigos a partir desta área com base no trabalho de Murchison e de Sedgwick.

Clima

País de Gales
Gráfico de clima ( explicação)
J F M A M J J A S O N D
159
7
1
114
7
1
119
9
2
86
11
3
81
15
6
86
17
9
78
19
11
106
19
11
124
16
9
153
13
7
157
9
4
173
7
2
Max média. e min. as temperaturas em ° C
Os totais de precipitação em mm
Fonte: Met Office

Wales encontra-se dentro da zona temperada norte . Tem uma variável, clima marítimo e é um dos países mais molhadas na Europa. Welsh tempo é muitas vezes nublado, molhado e ventoso, com verões quentes e invernos suaves. Os longos dias de verão e os dias de inverno curtos resultam de Gales 'do norte latitudes (entre 53 ° 43 'N e 51 ° 38' N). Aberystwyth , no ponto médio da costa oeste do país, tem cerca de 17 horas de luz no solstício de verão. Luz do dia no solstício do inverno não cai horas para pouco mais de sete anos e meio. Grandes variações geográficas do país causar diferenças localizadas na luz do sol, chuva e temperatura. As temperaturas médias anuais costeiras atingir 10,5 ° C (51 ° F) e que encontram-se em zonas do interior baixas, 1 ° C (1.8 ° F) inferior. Torna-se mais frias em altitudes mais elevadas; temperaturas anuais diminuir em média cerca de 0,5 ° C (0,9 ° F) a cada 100 metros (330 pés) de altitude. Consequentemente, as partes mais altas de Snowdonia experiência temperaturas médias anuais de 5 ° C (41 ° F) . As temperaturas no País de Gales permanecem mais elevados do que seria esperado em sua latitude, devido ao North Atlantic Drift, uma filial da Corrente do Golfo. A corrente de oceano, trazendo água mais quente para latitudes setentrionais, tem efeito similar sobre a maior parte noroeste da Europa. Bem como a sua influência sobre as zonas costeiras do País de Gales, o ar aquecido pela Corrente do Golfo sopra mais para o interior com os ventos predominantes.

Em baixas altitudes, os verões tendem a ser quente e ensolarado. Temperaturas máximas médias variam entre 19 ° C (66 ° F) e 22 ° C (72 ° F) . Invernos tendem a ser bastante molhada, mas a chuva é raramente excessiva e a temperatura costuma ficar acima de zero. A Primavera eo Outono sentir bastante semelhantes e as temperaturas tendem a ficar acima de 14 ° C (57 ° F) - também o dia médio anual temperatura.

O tempo mais ensolarada do ano tende a ser entre maio e agosto. A costa sul-ocidental é a parte mais ensolarada do País de Gales, com média de mais de 1700 horas de sol por ano. Mais ensolarada cidade do País de Gales é Tenby, Pembrokeshire. O tempo mais maçante do ano tende a ser entre novembro e janeiro. As áreas menos ensolarados são as montanhas, algumas partes das quais média, menos de 1200 horas de sol por ano. O vento predominante é sudoeste. As zonas costeiras são o mais ventoso, vendavais ocorrem mais frequentemente durante o inverno, em média, entre 15 e 30 dias a cada ano, dependendo da localização. Inland, vendavais em média menos de seis dias por ano.

Padrões de precipitação mostram variação significativa. O mais a oeste, maior a precipitação esperada; até 40% mais. Em baixas altitudes, a chuva é imprevisível, em qualquer época do ano, embora os chuveiros tendem a ser mais curto no verão. As terras altas do País de Gales tem mais chuva, normalmente mais de 50 dias de chuva durante os meses de inverno (dezembro a fevereiro), caindo para cerca de 35 dias de chuva durante os meses de verão (junho a agosto). A precipitação anual média em Snowdonia entre 3000 milímetros (120) (em Blaenau Ffestiniog) e 5000 milímetros (200 in) ( cimeira de Snowdon). A probabilidade é que ele vai cair como granizo ou neve quando a temperatura cai abaixo de 5 ° C (41 ° F) , e neve tende a ser deitado no chão lá para uma média de 30 dias por ano. A neve cai várias vezes a cada inverno nas regiões do interior, mas é relativamente incomum em torno da costa. Precipitação média anual nessas áreas pode ser inferior a 1000 milímetros (39 in). estatísticas Met Office mostram Swansea a ser a cidade mais chuvoso na Grã-Bretanha, com uma precipitação média anual de 1,360.8 mm (53,57 polegadas). Isto levou ao velho ditado "Se você pode ver Mumbles Cabeça ele está indo para chuva - se você não pode, está chovendo ". Cardiff é a cidade quinto mais chuvoso da Grã-Bretanha, com 908 milímetros (35,7 in). Rhyl é mais seco cidade do País de Gales, os seus precipitação média anual 640 milímetros (25 in).

  • A mais alta temperatura máxima:35,2 ° C (95 ° F)emHawarden Bridge,Flintshire, em 2 de Agosto de 1990.
  • Menor temperatura mínima:-23,3 ° C (-10 ° F)em Rhayader, Radnorshire (agoraPowys) em 21 de janeiro de 1940.
  • O número máximo de horas de sol em um mês: 354,3 horas emFort Dale, Pembrokeshire em julho 1955.
  • Número mínimo de horas de sol em um mês: 2,7 horas na Llwynon,Brecknockshire em janeiro de 1962.
  • Precipitação máxima em um dia (0900 UTC - 0900 UTC): 211 milímetros (8 in) emRhondda, Glamorgan, em 11 de novembro de 1929.
  • Mais chuvoso local - uma média de 4,473 milímetros (176 polegadas) chuva por ano emCrib Goch em Snowdonia, Gwynedd (tornando-se também o local mais chuvoso no Reino Unido).

Flora e fauna

Opapagaio vermelho(milvus de Milvus) - um símbolo nacional de animais selvagens Welsh

Animais selvagens do País de Gales é típico da Grã-Bretanha com várias distinções. Devido à sua longa costa Wales abriga uma variedade de aves marinhas. As costas e as ilhas vizinhas são o lar de colônias de gansos, Manx Shearwater, papagaio do mar , gaivotas, corvos marinhos e razorbills. Em comparação com 60% de Gales 150m acima do contorno, o país também suporta uma variedade de aves de terras altas de habitats, incluindo corvo e anel ouzel. Aves de rapina incluem o merlin, Harrier de galinha eo papagaio vermelho , um símbolo nacional de animais selvagens Welsh . No total, mais de 200 espécies diferentes de aves foram vistos na reserva RSPB em Conwy, incluindo os visitantes sazonais.

Os maiores mamíferos Welsh morreu durante o período de Norman, incluindo o urso pardo, o lobo eo desorganizado. Hoje, mamíferos de nota incluem musaranhos, ratazanas, texugos, lontras, ouriços e quinze espécies de morcego. Duas espécies de pequeno roedor, o rato amarelo cerviz, e o arganaz, são de nota Welsh especial a ser encontrado na área de fronteira historicamente sem ser perturbado. Outros animais de nota incluem, lontra , arminho e doninhas . O Pine Marten , que tem o avistamento ocasional, não foi oficialmente registrada desde a década de 1950. O polecat foi quase levados à extinção na Grã-Bretanha, mas pendurado no País de Gales e está agora se espalhando rapidamente. cabras selvagens podem ser encontrados em Snowdonia.

Como Cornwall, Bretanha e Irlanda, as águas do Sudoeste País de Gales de Gower, Pembrokeshire e Cardigan Bay atrair animais marinhos, incluindo tubarões-frade , Atlantic focas cinzentas , tartarugas, golfinhos , toninhas , água-viva, caranguejos e lagostas. Pembrokeshire e Ceredigion, em particular, são reconhecidas como uma área de importância internacional para Roazes , e New Quay tem a única residência de verão dos golfinhos em todo o Reino Unido. Peixes do rio de nota incluem char, enguia, salmão, sável, sparling e Arctic char, enquanto o Gwyniad é único ao País de Gales, encontrado apenas em Bala Lake. Wales também é conhecida por seu marisco, incluindo berbigão, lapa, mexilhões e caramujos. Herring, cavala e pescada são o mais comum de peixes do mar do país.

O norte enfrentando altas razões de Snowdonia apoiar uma relíquia pré-glacial flora incluindo o icônico Snowdon lírio - Lloydia serotina - e outras espécies alpinas, tais como Saxifraga cespitosa , Saxifraga oppositifolia e Silene acaulis - um eco-sistema não encontrada em outras partes do Reino Unido. Wales também abriga uma série de espécies de plantas não encontrado em outras partes do Reino Unido, incluindo o Spotted Rock-rosa Tuberaria guttata em Anglesey e Draba aizoides no Gower.

Educação

Edifício de St David,University of Wales, Lampeter (Prifysgol Cymru, Llanbedr Pont Steffan)

Um sistema de educação distinta desenvolveu no País de Gales. A educação formal antes do século 18 foi o de preservar a elite. As primeiras escolas de gramática foram estabelecidos em cidades galesas como Ruthin, Brecon e Cowbridge. Um dos primeiros sistemas de ensino bem sucedidos foi iniciado por Griffith Jones, que introduziu as escolas que circulam na década de 1730; Acredita-se que ensinou metade da população do país de ler. No século 19, com o aumento do envolvimento do Estado na educação, País de Gales foi forçado a adotar um sistema de educação que foi Inglês no ethos, embora o país era predominantemente não-conformista, galês de língua e demograficamente desigual devido à expansão econômica no sul. Em algumas escolas, para garantir que as crianças Welsh falava Inglês na escola, o galês não foi utilizado; uma política visto como um símbolo odiado de Inglês opressão. O "não", um pedaço de madeira pendurado no pescoço por corda, foi dado a qualquer criança ouviu falar Welsh, que iria passá-lo para uma criança diferente se ouviu falar galês. No final do dia, o utilizador do "não" iria ser batido. A medida de a sua prática, contudo, é difícil de determinar. Estado e decretos governamentais locais resultou em escolaridade no idioma Inglês que, na sequência de Brad y Llyfrau Gleision (a perfídia dos livros azuis ), foi visto como mais acadêmico e vale a pena para as crianças.

O University College de Gales inaugurado em Aberystwyth em 1872. Cardiff e Bangor seguido, e as três faculdades se uniram em 1893 para formar a Universidade de Gales. A Lei de Galês Ensino Médio de 1889 criou 95 escolas secundárias. O Departamento de Galês para o Conselho de Educação seguido em 1907, que deu Wales sua primeira devolução educacional significativo. Um ressurgimento nas escolas Galês do idioma na segunda metade do século 20 em creche e ensino fundamental viu atitudes mudar para o ensino no meio do galês. Nas escolas onde o Inglês é a primeira língua, o galês é uma disciplina obrigatória até a idade de 16. No entanto, nunca houve um colégio galês-língua, e na University of Wales, no início do século 21 a cerca de 100 da sua 5.000 funcionários acadêmicos estavam ensinando por meio de Galês. Em 2006, havia 33 berçário, 1555 primário, 244 escolas abrangentes e 43 especiais secundárias com 56 escolas independentes no País de Gales. Em 2004, o país tinha 505.208 alunos ensinados por 27.378 professores.

Economia

Port Talbot Siderurgia - uma vez que o maior empregador do País de Gales

Ao longo dos últimos 250 anos, País de Gales, foi transformado primeiro de um país predominantemente agrícola para uma industrial, e agora uma economia pós-industrial. Desde a Segunda Guerra Mundial, o setor de serviços tem vindo a representar a maioria dos postos de trabalho, um recurso tipificando economias mais avançadas. Headline total Valor Acrescentado Bruto (VAB) no País de Gales em 2010 foi de £ 45500000000, ou £ 15.145 per capita da população; 74,0 por cento da média do total do Reino Unido, o menor GVA per capita no Reino Unido. Nos três meses até Julho de 2010, a taxa de emprego dos adultos em idade de trabalho no País de Gales foi de 67 por cento, em comparação com 70,7 por cento em todo o Reino Unido como um todo.

A partir de meados do século 19 até a era pós-guerra, de mineração e exportação de carvão era uma indústria dominante. Em seu pico de produção em 1913, cerca de 233.000 homens e mulheres estavam empregadas na região carbonífera South Wales, extracção 56 milhões de toneladas de carvão. Cardiff já foi o maior porto de exportação de carvão do mundo e, por alguns anos antes da Primeira Guerra Mundial, manuseadas uma maior tonelagem de carga do que Londres ou Liverpool. Na década de 1920, mais de 40% da população masculina Welsh trabalhou em indústria pesada. Conforme Professor Phil Williams, a Grande Depressão "devastado País de Gales", norte e sul, devido à sua "dependência esmagadora sobre carvão e do aço". A partir de meados dos anos 1970, a economia enfrentou galês reestruturação maciça com grande número de postos de trabalho na indústria pesada tradicional desaparecendo e sendo substituída eventualmente por novas na indústria ligeira e nos serviços. Na década de 1970 e início de 1980 atrasado, País de Gales foi bem sucedida em atrair uma quota acima da média de investimento directo estrangeiro no Reino Unido. No entanto, grande parte da nova indústria foi essencialmente de uma "fábrica de filial" ("fábrica de chave de fenda") tipo, onde uma fábrica ou call center está localizado no País de Gales, mas os trabalhos mais bem pagos na empresa são mantidas em outro lugar.

Ingleses uma moeda de libra (inverso) que descreve odragão de Galês

Devido ao solo de má qualidade, muito do País de Gales não é adequado para a cultura de crescimento e criação de gado tradicionalmente tem sido o foco da agricultura. A paisagem de Galês (protegido por três parques nacionais) e 45 praias com Bandeira Azul, bem como a cultura única do País de Gales, atrair grande número de turistas, que desempenham um papel especialmente vital na economia das zonas rurais. Wales tem se esforçado para desenvolver ou atrair alta emprego de valor acrescentado em sectores como finanças e pesquisa e desenvolvimento, atribuível em parte à falta comparativa de 'massa econômica "(ou seja população) - País de Gales carece de um grande centro metropolitano. A falta de emprego elevado valor acrescentado é refletido em menor produção econômica per capita em relação a outras regiões do Reino Unido -, em 2002, situou-se em 90% da média da UE25 e cerca de 80% da média do Reino Unido. Em junho de 2008, Wales fez história ao se tornar o primeiro país do mundo a receber status de Comércio Justo.

A libra esterlina é a moeda utilizada no País de Gales. Numerosos bancos galeses emitido as suas próprias notas no século 19. O último banco a fazê-lo fechado em 1908; desde então, embora os bancos na Escócia e na Irlanda do Norte continuam a ter o direito de emitir notas em seus próprios países, o Banco de Inglaterra tem um monopólio sobre a emissão de notas no País de Gales. O Commercial Bank of Wales, com sede em Cardiff por Sir Julian Hodge em 1971, foi assumida pelo Bank of Scotland em 1988 e absorvido em sua empresa-mãe, em 2002. O Royal Mint, que emitir o cunhagem circulado através do todo do Reino Unido, foram baseadas em um único local em Llantrisant desde 1980. Desde decimalisation, em 1971, pelo menos uma das moedas em circulação Reino Unido tem representado um projeto de Gales, por exemplo, o Uma moeda de libra 1995 e 2000 (acima). No entanto, País de Gales não tem sido representado em qualquer moeda cunhada a partir de 2008.

Cuidados de Saúde

Público de saúde no País de Gales é fornecida por NHS Wales ( Cymru GIG ), que foi originalmente formado como parte da estrutura NHS para a Inglaterra e País de Gales criado pela Lei do Serviço Nacional de Saúde de 1946, mas com poderes sobre o NHS no País de Gales abrangidos pelo Secretário de Estado do País de Gales, em 1969. Por sua vez, a responsabilidade pelo NHS Wales foi passado para a Assembléia galesa e Executivo sob desconcentração em 1999. Historicamente, País de Gales foi servido por hospitais menores 'casa', construído como instituições voluntárias. Como mais recentes técnicas de diagnóstico e tratamentos mais caros tornou-se disponível através do avanço médico, grande parte do trabalho clínico do país tem-se concentrado no mais novos, maiores hospitais distritais. A partir de 2006, havia dezessete hospitais distritais no País de Gales, embora nenhum situado em Powys. NHS Wales fornece público de saúde no País de Gales e emprega cerca de 90.000 funcionários, tornando-se o maior empregador do País de Gales. O Ministro da Saúde e Serviços Sociais é a pessoa dentro do Welsh Assembly Government quem tem responsabilidades de gabinete para a saúde e de assistência social no País de Gales.

A 2009 Welsh inquérito de saúde, realizada pela Assembléia galesa, relatou que 51% dos adultos relataram sua saúde boa ou excelente, enquanto 21% descreveram sua saúde como regular ou ruim. A pesquisa também registrou que 27% dos adultos Welsh tinha uma doença crônica de longo prazo, tais como artrite, asma, diabetes e doenças cardíacas. Informações em escolhas de estilo de vida relacionados com a saúde relatam 27% da população adulta são fumantes, 45% admitem beber álcool acima diretrizes recomendadas pelo menos uma vez por semana, enquanto 29% se comprometem a atividade física semanal recomendada.

Demografia

Swansea Bay ecentro da cidade de Swansea - Swansea é a segunda cidade mais populosa do País de Gales

Em 2011, a população do País de Gales foi estimado subiram para 3.063.500, o maior de sua história. O censo de 2001 informou a população como 2.903.085, a principal população e áreas industriais estão em Gales do Sul, que consiste em as cidades de Cardiff, Swansea e Newport e áreas circundantes, com outra população significativa no Nordeste em torno de Wrexham. De acordo com o censo de 2001, 96% da população era branca britânica, e 2,1% não-brancos (principalmente de origem asiática britânica). A maioria dos grupos não-brancos estavam concentrados nas cidades portuárias do sul de Cardiff, Newport e Swansea. Comunidades asiáticas e africanas galês desenvolvido principalmente através da imigração desde a Segunda Guerra Mundial. Cerca de um em cada 10 nascimentos (10,7 por cento) em 2011 foram de mães nascidos no exterior, em comparação com 5,2% em 2001. No início do século 21, partes do País de Gales viu um aumento do número de imigrantes se estabelecem a partir últimos países candidatos à UE , como a Polónia; apesar de um estudo de 2007 mostrou um número relativamente baixo de trabalhadores imigrantes empregados dos países antigo bloco oriental, no País de Gales em comparação com outras regiões do Reino Unido.

Roald Dahl Plass, Cardiff Bay

No 2001 Labour Force Survey, 72% dos adultos no País de Gales considerou sua identidade nacional como inteiramente Welsh e mais 7% consideravam-se, em parte, galês (Welsh e britânicos foram a combinação mais comum). Um estudo recente estima que 35% da população galesa tem sobrenomes de origem Galês (5,4% do Inglês e 1,6% da população Scottish também levavam os nomes dos galeses '). No entanto, muitos sobrenomes modernos derivados de nomes pessoais galeses velhos realmente surgiu na Inglaterra. Em 2001, um quarto da população galesa nasceram fora Wales, principalmente na Inglaterra; cerca de 3% nasceram fora do Reino Unido. A proporção de pessoas que nasceram no País de Gales é diferente em todo o país, com as maiores porcentagens no Gales do Sul Vales e com o menor em meados Gales e partes do nordeste. Em ambos Blaenau Gwent e Merthyr Tydfil, 92% foram galês-nascidos, em comparação com apenas 51% e 56% nos condados fronteiriços da Flintshire e Powys. pouco mais de 1,75 milhões de americanos relatam-se a ter ascendência de Galês, assim como 440.965 canadenses em 2006 censo do Canadá.

Idiomas

O Nacional Eisteddfod, uma celebração anual da cultura galesa, realizado em Galês

Em seu trabalho de 1707Archaeologia Britannica Edward Lhuyd,guardião doMuseu Ashmolean, notou a semelhança entre as duas famílias de línguas celtas:Brythonic ouP-Celtic ( Breton, Cornish e Galês); e Goidelic ou Q-Celtic ( Irlandesa, Manx e Gaélico escocês).Ele argumentou que as línguas Brythonic originou naGália ( França) e que as línguas Goidelic originou no Península Ibérica.Lhuyd concluiu que as línguas tinham sido deorigem celta, as pessoas que falavam essas línguas eram celtas. (De acordo com uma hipótese mais recente, também amplamente aceito hoje, Goidelic e britônicas línguas, conhecidos coletivamente comolínguas Insular Celtic, evoluíram juntos por algum tempo separadamentelínguas celtas continentais como o gaulês e Celtiberian.) A partir do século 18, os povos da Brittany, Cornualha,Irlanda,Ilha de Man,Escóciae País de Gales eram conhecidos cada vez mais como os celtas, e eles são considerados como os modernosnações celtas hoje.

O Ato de língua de Galês 1993 eo Governo do País de Gales Act de 1998 prevêem que as línguas ingleses e galeses ser tratados em condições de igualdade. Inglês é falado por quase todas as pessoas no País de Gales e é o facto de língua principal. Code-switching é comum em todas as partes do País de Gales e é conhecida por vários termos, embora nenhum deles é reconhecido por lingüistas profissionais. " wenglish "é o dialeto da língua de Galês Inglês . Tem sido influenciada significativamente pela gramática galesa e inclui palavras derivadas de Galês. De acordo com John Davies, wenglish tem "sido objeto de muito maior do que qualquer prejuízo sofrido pela Welsh". norte e oeste País de Gales reter muitas áreas onde Galês é falado como uma primeira língua pela maioria da população, e aprendi Inglês como segunda língua. O Censo de 2011 mostrou 562.016 pessoas, 19,0% da população galesa, foram capazes de falar Welsh, um decréscimo de 20,8% a retornado no censo de 2001. Embora monoglotismo em crianças continua, monoglotismo longo da vida em Galês é reconhecida por ser uma coisa do passado.

Sinais de trânsito no País de Gales são geralmente em Inglês e Welsh; onde topónimos diferem nas duas línguas, ambas as versões são usadas (por exemplo, "Cardiff" e "Caerdydd"). A decisão sobre qual é primeiro colocado sendo que da autoridade local. Durante o século 20, uma série de pequenas comunidades de falantes de outras que galês ou Inglês línguas, como o Bengali ou Cantonês, se estabeleceram no País de Gales como resultado da imigração.

Religião

Catedral de São David, Pembrokeshire

A maior religião no País de Gales é o cristianismo, com 57,6% da população se descreve como cristão no censo. 2011 O Igreja no País de Gales com 56.000 adeptos tem a maior participação das denominações. É uma província da Comunhão Anglicana, e fazia parte da Igreja da Inglaterra até disestablishment em 1920 sob a Igreja Welsh Act 1914. A Igreja Presbiteriana de Gales nasceu fora do reavivamento galês Metodista no século 18 e se separou da Igreja de Inglaterra em 1811.

A segunda maior fé participando no País de Gales é católica romana , com uma estimativa de 43 mil adeptos. Religiões não-cristãs são pequenos no País de Gales, que corresponde a cerca de 2,7% da população. O censo de 2011 registrou 32,1% das pessoas que declaram sem religião, enquanto 7,6% não responderam à pergunta. O padroeiro de Wales é Saint David ( Dewi Sant ), com St David Day ( Dydd Gwyl Dewi ) celebrado anualmente no dia 1 de março.

Em 1904, houve um ressurgimento religioso (conhecido por alguns como a 1904-1905 Welsh Revival ou simplesmente The Revival 1904) que começou através do evangelismo de Evan Roberts e viu um grande número de pessoas se convertendo ao dissidente e Anglicana cristianismo, às vezes, comunidades inteiras. O estilo de Robert de pregação se tornou o modelo para os novos órgãos religiosos como o pentecostalismo ea Igreja Apostólica. A Igreja Apostólica realiza sua Conferência Apostólica anual em Swansea cada ano, geralmente em agosto.

Islãé a maior religião não cristã no País de Gales, com mais de 24.000 (0,8%) relataram muçulmanos no censo de 2011.2 Glynrhondda Street emCathays, Cardiff é aceito como a primeiramesquitano Reino Unido fundado poriemenitasesomalis marinheiros as suas viagens entre Aden e Docas de Cardiff.

Há também comunidades de Hindus e Sikhs , principalmente nas cidades de Newport South Wales, Cardiff e Swansea, enquanto a maior concentração de budistas está no condado rural ocidental da Ceredigion. Judaísmo foi a primeira fé não cristã a ser estabelecida no País de Gales desde os tempos romanos, no entanto, a partir do ano de 2001, a comunidade diminuiu para cerca de 2.000.

Cultura

País de Gales tem uma cultura distintiva incluindo sua própria língua, costumes, festas e música.

Wales tem trêsUNESCO Património Mundial:os castelos e muralhas da Cidade do Rei Eduardo I, em Gwynedd;Pontcysyllte Aqueduto; e o Blaenavon Paisagem Industrial.

Mitologia

Os remanescentes do Celtic nativa mitologia dos pré-cristãos britânicos foi transmitido oralmente, na forma muito alterado, pelo cynfeirdd ( os primeiros poetas ). Alguns de seus trabalhos sobrevive em muito mais tarde medieval manuscritos de Galês, conhecidos como: o Livro Negro do Carmarthen eo Livro de Aneirin (ambos do século 13); o Livro de Taliesin eo Livro Branco de Rhydderch (ambos do século 14); e o Livro Vermelho da Hergest (c. 1400). O histórias em prosa dos Livros Branco e vermelho são conhecidos como o Mabinogion , um título dado a eles pelo seu primeiro tradutor, Lady Charlotte Guest, e também usado por tradutores subsequentes. Poemas como Cad Goddeu (The Battle of the Trees) e mnemônicos list-textos como as Tríades de Galês e as Treze Tesouros da Ilha da Grã-Bretanha , também contêm material mitológico. Estes textos incluem também as primeiras formas de a lenda do rei Artur ea história tradicional de pós- Bretanha Roman .

Outras fontes de Galêsfolcloreincluem a compilação século 9 Latina histórico Historia Britonum(História dos britânicos) eGeoffrey de 12 Latina século de Monmouthcrônica Historia Regum Britanniae(História dos reis da Bretanha), bem como folclore mais tarde, tal comoO Fairy Book Galêspor W. Jenkyn Thomas.

Artes visuais

Muitas obras de Arte celta foram encontrados no País de Gales. No início do período medieval, ocristianismo celta de Wales era parte daarte Insular dasIlhas Britânicas. Um número de manuscritos iluminadosdo País de Gales sobrevivem, de que o século 8Hereford Evangelhos eLichfield Evangelhos são o mais notável. O século 11 Ricemarch Saltério (agora emDublin) é certamente galês, feito emSt David, e mostra um estilo Insular tarde com influência Viking incomum.

O melhor dos poucos artistas de Galês dos séculos 16a ao 18o tendiam a deixar o país para trabalhar, muitos deles se mudar para Londres e Itália. Richard Wilson (1714-1782) é, sem dúvida, a primeira grande paisagista britânico. Apesar de mais notável para suas cenas italianas, pintou várias cenas de Galês em visitas a partir de Londres. Até o final do século 18, a popularidade da arte da paisagem cresceu e clientes foram encontrados nas cidades de Galês maiores, permitindo que os artistas mais galeses para ficar em sua terra natal. Artistas de fora Wales também foram atraídos para pintar paisagens Welsh, no primeiro devido à Revival Celtic. Em seguida, no início do século 19, as guerras napoleônicas que impedem a Grand Tour para a Europa continental, viajar através de Gales chegou a ser considerado mais acessível.

O bardode 1774, porThomas Jones (1742-1803)

Um Lei do Parlamento em 1857 previa a criação de um número de escolas de arte em todo o Reino Unido eaEscola de Arte Cardiff inaugurado em 1865. Os graduados ainda muitas vezes teve de abandonar País de Gales para trabalhar, masBetws-y-Coed se tornou um centro popular para artistas e colônia de seu artista ajudou a formar aReal Cambriano Academia de Artes em 1881. O escultor Sir WilliamGoscombe John fez muitos trabalhos para comissões de Galês, embora ele tivesse se estabeleceu em Londres.Christopher Williams, cujos temas eram em sua maioria resolutamente Welsh, também foi baseada em Londres.Thomas E. Stephens eAndrew Vicari tiveram carreiras muito bem sucedidas como retratistas baseados, respectivamente, nos Estados Unidos e na França. Senhor Frank Brangwyn foi Galês por origem, mas passado pouco tempo no País de Gales.

Muitos pintores galeses deslocaram-se para as capitais da arte da Europa. Augustus John e sua irmã Gwen John, viveu principalmente em Londres e Paris. No entanto, os paisagistas Sir Kyffin Williams e Peter Prendergast viveu no País de Gales durante a maior parte de suas vidas, apesar de permanecer em contato com o mundo da arte em geral. Ceri Richards estava muito envolvida na cena de arte Welsh; como professor em Cardiff e, mesmo depois de se mudar para Londres. Ele foi um pintor figurativo nos estilos internacionais, incluindo Surrealismo. Vários artistas se mudaram para País de Gales, incluindo Eric Gill, o London-galês David Jones eo escultor Jonah Jones. O Kardomah Gang era um círculo intelectual centrado sobre o poeta Dylan Thomas e poeta e artista Vernon Watkins em Swansea, que também incluiu o pintor Alfred Janes.

South Wales teve vários notáveis ​​olarias, um dos primeiros locais importantes, sendo o Olaria Ewenny em Bridgend, que começou a produzir cerâmica no século 17. Nos séculos 18 e 19, com métodos mais científicos disponíveis cerâmica mais refinadas foram produzidos liderada pelo Olaria Cambriano (1764-1870, também conhecido como "Swansea cerâmica") e, mais tarde Nantgarw Olaria perto de Cardiff, que estava em operação a partir de 1813 para 1822 fazendo multa porcelana e cerâmica utilitária, em seguida, até 1920. Portmeirion Olaria, fundada em 1960 por Susan Williams-Ellis, filha de Clough Williams-Ellis, criador da aldeia italianate de Portmeirion, Gwynedd, é baseado em Stoke-on-Trent, Inglaterra .

Literatura no País de Gales

País de Gales pode reivindicar uma das mais antigas tradições literárias inteiras na Europa. A tradição literária do País de Gales remonta ao século VI e, com a inclusão de Geoffrey de Monmouth e Gerald de Gales, possui dois dos melhores autores latinos da Idade Média. O primeiro corpo do verso de Galês, por poetas Taliesin e Aneirin, não sobreviver na sua forma original, mas em versões medievais e sofreram alterações linguísticas significativas. Poesia galesa e lore nativa e aprendizagem sobrevivido à Idade das Trevas, através da era dos Poetas dos Príncipes (c1100-1280) e, em seguida, os Poets of the Gentry (c1350-1650). Os poetas dos príncipes eram poetas profissionais que compunham elogios e elogios aos príncipes de Gales, enquanto os poetas do Gentry foram uma escola de poetas que favoreceram o medidor cywydd. O período é notável para a produção de um dos maiores poetas do País de Gales, Dafydd ap Gwilym. Após a anglicização da pequena nobreza da tradição diminuiu.

Apesar da extinção do poeta profissional, a integração da elite nativa em um mundo cultural mais amplo trouxe outros benefícios literários. Humanistas, tais como William Salesbury e John Davies trouxe ideais renascentistas de universidades inglesas quando retornaram ao País de Gales. Enquanto em 1588 William Morgan tornou-se a primeira pessoa a traduzir a Bíblia para o galês. A partir do século 16 em diante, a proliferação do verso "livre-meter 'tornou-se o desenvolvimento mais importante na poesia de Galês, mas a partir de meados do século 17 uma série de metros acentuais importados da Inglaterra tornou-se muito popular. Por volta do século 19, a criação de um épico galês, alimentada pela eisteddfod, tornou-se uma obsessão com os escritores de língua galesa. A saída deste período foi prolífico em quantidade, mas em qualidade desigual. Inicialmente, o eisteddfod foi soslaio com as confissões religiosas, mas com o tempo esses órgãos passou a dominar as competições, com os temas bárdicas tornando cada vez mais bíblica e didática. O período é notável para a adopção pelos poetas galeses de nomes de bardo, que se tornou popular pelo movimento eisteddfod.

Principais desenvolvimentos na literatura Galês do século 19 incluem a tradução de Lady Charlotte Guest do Mabinogion, um dos mais importantes contos medievais galeses prosa da mitologia celta, para o Inglês. 1885 viu a publicação de Rhys Lewis por Daniel Owen, creditado como o primeiro romance escrito no idioma galês. O século 20 experimentou uma importante mudança para longe da prosa Welsh Victorian empolado e prolixo, com Thomas Gwynn Jones liderando o caminho com o seu trabalho 1902 Ymadawiad Arthur . O abate nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial, teve um efeito profundo sobre a literatura de Galês com um estilo mais pessimista da prosa defendido por TH Parry-Williams e R. Williams Parry. A industrialização do sul de Gales viu uma nova transferência com os gostos de Rhydwen Williams que usaram a poesia e metros de uma passada rural País de Gales, mas no contexto de uma paisagem industrial. Embora o período entre-guerras é dominado por Saunders Lewis, por suas idéias políticas e reacionárias, tanto quanto suas peças, poesia e crítica.

Após o fim da Segunda Guerra Mundial, vários poetas e escritores de Galês no idioma Inglês veio a nota. Estes incluíram Alexander Cordell, cujos romances são muitas vezes no interior de um histórico de Gales, enquanto Gwyn Thomas se tornou a voz dos vales de língua Inglês Galês com seu humorística sobre vidas sombrias. Ao mesmo tempo, o período pós-guerra viu o surgimento de um dos escritores mais notáveis ​​galeses e populares do século 20; Dylan Thomas um dos poetas mais inovadores do seu tempo. Outros autores importantes nascidas no País de Gales, mas não escrever no idioma galês ou com um estilo 'Welsh', incluem ganhador do Prêmio Nobel Bertrand Russell e escritor infantil Roald Dahl .

Esporte

Millennium Stadium, Cardiff

Mais de cinqüenta órgãos de governo nacional regulamentar e organizar seus esportes no País de Gales. A maioria das pessoas envolvidas em esportes competitivos selecionar, organizar e gerenciar indivíduos ou equipes para representar seu país em eventos internacionais ou acessórios contra outros países. Wales é representado em grandes eventos esportivos mundiais, como a Copa do Mundo , Copa do Mundo de Rugby , Rugby World Cup League e os Jogos da Commonwealth . Nos Jogos Olímpicos , os atletas galeses competir ao lado dos da Escócia, Inglaterra e Irlanda do Norte como parte de uma equipe da Grã-Bretanha.

Embora o futebol tem sido, tradicionalmente, o esporte mais popular em North Wales, união do rugby é visto como um símbolo da identidade de Gales e uma expressão da consciência nacional. A equipe nacional da união do rugby galês participa anual do Campeonato das Seis Nações e também competiu em todos os Copa do Mundo de Rugby , que hospeda o torneio em 1999. Os cinco lados profissionais que substituíram os lados tradicionais do clube em competições importantes em 2003 foram substituídos em 2004 pelos quatro regiões: Scarlets; Cardiff Blues; Newport Gwent Dragons; e o Ospreys. As equipes regionais galesas jogar na Magners League, a Taça Anglo-Galês (LV Cup), a European Cup Heineken eo Europeia (Amlin) Challenge Cup.

País de Gales teve sua própria liga de futebol, a Welsh Premier League, desde 1992. Por razões históricas, dois clubes galeses ( Swansea City e Cardiff City) jogar no Inglês Football League. Outros quatro clubes galeses jogam em campeonatos de alimentação de Inglês de futebol: Wrexham, Newport County, Merthyr Cidade e Colwyn Bay.

Em internacional cricket , País de Gales e Inglaterra campo uma única equipe representante, administrado pelo Cricket Board Inglaterra e País de Gales (BCE), chamou a equipe de críquete da Inglaterra , ou simplesmente 'England'. Ocasionalmente, separada jogo em equipe Wales concursos limitados-overs. Glamorgan County Cricket Club é o único participante Welsh na Inglaterra e País de Gales County Championship.

Wales produziu vários participantes de classe mundial de esportes individuais, incluindo jogadores de snooker Ray Reardon, Terry Griffiths, Mark Williams e Matthew Stevens. Os atletas de trilha que fizeram uma marca no cenário mundial, incluindo o hurdler 110 metros Colin Jackson, que é um ex-recordista mundial e vencedor de inúmeros olímpico, mundial e medalhas europeias, bem como Tanni Grey-Thompson, que ganhou 11 Paraolímpico medalhas de ouro. Wales também tem uma tradição de produzir pugilistas de classe mundial. Joe Calzaghe foi WBO Mundo Super-campeão dos médios que, em seguida, venceu o WBA, WBC e Revista Anel dos super-médios e Revista Anel títulos dos meio-pesados. Outros ex-campeã mundial de boxe incluem Enzo Maccarinelli, Freddie Welsh, Howard Winstone, Percy Jones, Jimmy Wilde, Steve Robinson e Robbie Regan.

País de Gales já sediou diversos eventos esportivos internacionais. Estes incluem o Jogos da Commonwealth de 1958, aCopa do Mundo de Rugby 1999 e daRyder Cup 2010.

Cozinha

Cawl

Cerca de 78% da superfície terrestre do País de Gales está afecta ao uso agrícola. No entanto, muito pouco disso é terra arável; a grande maioria consiste de pasto permanente ou pastagens para animais de rebanho, como ovelhas e vacas. Embora tanto a carne de gado leiteiro são levantadas amplamente, especialmente em Carmarthenshire e Pembrokeshire, País de Gales é mais conhecido por sua criação de ovinos e, assim, cordeiro é a carne tradicionalmente associado com a culinária galesa.

Os pratos tradicionais incluemlaverbread (feita a partir deLaver (umbilicalis Porphyra), um comestívelalga);brith bara (pão de frutas);Cawl (um ensopado de borrego);Cennin cawl (sopa de alho-poró);bolos galeses; e . Welsh LambCockles são por vezes serviu como um pequeno-almoço tradicional com bacon e laverbread.

Embora Wales tem a sua própria comida tradicional, e tem absorvido grande parte da culinária da Inglaterra, dietas galeses agora devem mais aos países da ?ndia, China e os Estados Unidos. galinha tikka masala é prato favorito do país, enquanto hambúrgueres e comida chinesa Outsellpeixe e batatas fritas como um takeaway.

Artes performáticas

Música

Cantor folk tradicional galês e harpistaSiân James, ao vivo no palco doFestival Interceltique de Lorient

Wales é muitas vezes referida como "a terra da música", e é notável por suas harpistas, coros masculinos e artistas solo. O principal festival galês de música e poesia é a anual Eisteddfod Nacional . O Llangollen Internacional Eisteddfod ecoa o Eisteddfod Nacional, mas oferece uma oportunidade para os cantores e músicos do mundo a executar. Música e dança tradicionais no País de Gales é suportado por uma miríade de sociedades. O Welsh Folk Song Society publicou uma série de coleções de músicas e melodias.

Os instrumentos tradicionais do País de Gales incluemdeires telyn(harpa triplo), violino,crwth,pibgorn(hornpipe) e outros instrumentos. O Cerdd Dant Society promove a sua arte canto específico principalmente através de um festival anual de um dia.

O Orquestra Nacional do País de Gales BBC realiza no País de Gales e internacionalmente. O Welsh National Opera é baseado noWales Millennium Centre emCardiff Bay, enquanto aOrquestra Nacional da Juventude do País de Gales foi o primeiro de seu tipo no mundo.

País de Gales tem uma tradição para a produção de artistas cantando notáveis, incluindoSir Geraint Evans,Dame Gwyneth Jones,Dame Anne Evans,Dame Margaret Price,Sir Tom Jones,Bonnie Tyler,Bryn Terfel,Mary Hopkin, Charlotte Church, Katherine Jenkins,Meic Stevens,Dame Shirley Bassey eDuffy .

Bandas populares para surgiram a partir de Wales ter incluído o Beatles-nutrido grupo de power pop Badfinger na década de 1960, Man e Budgie na década de 1970 e The Alarm na década de 1980. País de Gales experimentou um forte surgimento de grupos durante a década de 1990 liderada por Manic Street Preachers, seguido por nomes como o Stereophonics e Feeder; notável durante este período foram Catatonia, Super Furry Animals, e de Gorky Zygotic Mynci que ganhou sucesso popular como artistas em duas línguas. Recentemente bandas galesas de sucesso incluem Lostprophets, Bullet for My Valentine, Funeral for a Friend e Kids in Glass Houses. O tradicional e Welsh música folk cena está em ressurgimento com artistas e bandas como Crasdant, Carreg Lafar, Fernhill, Siân James e Os Hennessys.

O surgimento de coros vocais masculinos no século 19, manteve-se uma tradição duradoura no País de Gales. Originalmente estes coros onde formadas como as seções tenor e baixo de coros da capela, e abraçaram os hinos seculares populares do dia. Muitos dos coros históricos continuam a sobreviver no País de Gales moderno que canta uma mistura de canções tradicionais e populares.

Drama

Os primeiros sobreviventes execuções galeses são dois medievais execuções milagre, Y Tri Brenin o Gwlen e Y Dioddefaint a'r Atgyfodiad . A tradição galesa reconhecido do teatro surgiu no século 18, na forma de um interlúdio, uma peça métrica realizado em feiras e mercados. As cidades maiores galeses começaram a construir teatros durante o século 19, e atraiu os gostos de James Sheridan Knowles e William Charles Macready ao País de Gales. Junto com os teatros, existiam empresas de móveis em feiras de visita, embora a partir de 1912, a maioria destes teatros que viajam resolvido, a compra de teatros para executar em.

Drama no início do século 20 prosperou, mas o país não conseguiu produzir uma empresa Welsh National Theatre. Após a Segunda Guerra Mundial, o número substancial de empresas amadores que existiam antes do início das hostilidades, reduziu em dois terços. Embora o aumento da concorrência da televisão nos anos 1950 e 1960, viu a necessidade de um maior profissionalismo no teatro. O resultado do que viu os jogos dos gostos de Emlyn Williams e Alun Owen encenado, enquanto atores galeses, incluindo Richard Burton, Rachel Roberts, Donald Houston e Stanley Baker foram estabelecendo-se como talentos artísticos. Atores galeses ter cruzado o Atlântico mais recentemente para estrelar em Hollywood filmes incluem: Ioan Gruffudd, John Rhys-Davies, Anthony Hopkins; Matthew Rhys, Michael Sheen; e Catherine Zeta-Jones .

Galês comediantes incluemTommy Cooper,Griff Rhys Jones,Harry Secombe ePaul Whitehouse.

Dança

Dança como um passatempo é um passatempo popular no País de Gales, enquanto mentira tradicional dança do país em dança folclórica e dança de obstrução. A primeira menção da dança no País de Gales foi registrado em conta século 12 por Giraldus Cambrensis, mas pela dança tradicional do século 19 tinha tudo, mas morreu; atribuída à influência de não-conformistas e sua crença de que qualquer desvio físico era inútil e satânico, dança especialmente mista. Estas danças antigas, passadas oralmente, foram quase sozinho resgatados por Lois Blake (1890-1974) que os registrados em inúmeros panfletos de instruções, gravando ambas as etapas e música. Na mesma linha, a dança de obstrução foi preservado e desenvolvido pelos gostos de Howel Madeira (1882-1967) que perpetuavam a arte em fases locais e nacionais. A dança de obstrução, a arte tradicionalmente uma predominância masculina, é agora uma parte comum de eisteddfodau. Em 2010, um tradicional festival 30 anos de dança realizada em Caernarvon chegou ao fim depois de uma falta de participantes presentes, embora a dança de obstrução tem visto um revival durante a primeira parte do século 21.

A Sociedade Welsh Folk Dança foi fundada em 1949, e suporta uma rede de equipas nacionais de dança amadores e publica material de apoio. A dança contemporânea surgiu de capital na década de 1970, uma das primeiras empresas, sendo em Movimento, veio de Londres para Cardiff em 1973. Diversions foi formada em 1983, tornando-se o National Dance Company País de Gales, agora a empresa residente no Millenium Centre Wales. Por outro lado, País de Gales não tem a sua própria companhia de ballet nacional.

Museus e bibliotecas

O Museu Nacional [de] País de Gales foi fundada por carta régia em 1907 e agora é um órgão do Governo galês patrocinado. O Museu Nacional é composta por sete locais em todo o país, incluindo o Museu Nacional de Cardiff, St Fagans National History Museum e Big Pit National Coal Museum. Em abril de 2001, as atrações ligados ao Museu Nacional foram concedidos entrada livre pela Assembleia, e esta ação viu os números de visitantes aos sites de aumentar em 2001-2002 por 87,8%, para 1.430.428.

Aberystwyth é o lar da Biblioteca Nacional do País de Gales, que abriga algumas das coleções mais importantes do País de Gales, incluindo a biblioteca de John William ea coleção Shirburn Castle. Bem como a sua coleção impressa da Biblioteca mantém importantes coleções de arte Welsh, incluindo retratos e fotografias, coisas efêmeras, tais como cartões postais, cartazes e Mapas Ordnance Survey.

Festivais

Bem como comemorando muitos dos festivais religiosos tradicionais da Grã-Bretanha, como Páscoa e Natal, País de Gales tem suas próprias dias comemorativos exclusivos. Uma festividade primitiva era Mabsant, onde paróquias locais iria comemorar o santo padroeiro da sua igreja local. Esta celebração morreu no século 19, para ser substituído por Dia de Saint David; comemorado em 01 de março em todo País de Gales, e por galeses expats de todo o mundo.

Comemorando o santo padroeiro de amizade e amor, de Dydd Santes Dwynwen popularidade tem vindo a aumentar recentemente. É comemorado em 25 de Janeiro de uma forma semelhante ao Dia de São Valentim; através da troca de cartas e pela realização de festas e shows.

Calan Gaeaf, associado com o sobrenatural e os mortos, é observada em 1 de Novembro. Tem sido largamente substituídos por Dia das Bruxas. Outras festas incluem Calan Mai, comemorando o início do verão, Calan AWST e Gŵyl Fair y Canhwyllau.

Transporte

Estrada

O Segunda Travessia Severn -
carregando aM4 Motorway

O principal eixo rodoviário que liga as cidades e outros assentamentos ao longo da costa sul de Gales é o Auto-estrada M4. Ele também fornece um link para o sul da Inglaterra, terminando em Londres. A secção da auto-estrada gerido pela Welsh Assembly Government funciona a partir do Second Severn Crossing Pont Abraham, Carmarthenshire, ligando as cidades de Newport, Cardiff e Swansea.

No norte de Gales a via expressa A55 executa um papel semelhante ao longo da costa norte de Gales fornecendo conexões entre Holyhead e Bangor, e Wrexham e Flintshire. Ele também links para noroeste da Inglaterra, principalmente Chester. a principal ligação norte-sul Wales é o A470, que vai de Cardiff para Llandudno .

Ar

O Aeroporto Internacional de Cardiff é o único aeroporto internacional grande e no País de Gales. Fornecendo links para Europeu, Africano e os destinos da América do Norte, é de cerca de 12 milhas (19 quilômetros) a sudoeste de cidade de Cardiff, no Vale of Glamorgan.

Voos intra-Wales correm entre Anglesey (Vale) e Cardiff, operados pelaIlha de Mancompanhia aéreaManx2 Outros voos internos operam para o norte da Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte.

Um Arriva Trains Wales serviço naestação ferroviária Junção de Llandudno

Trilho

Welsh Assembly Government gere as partes da rede ferroviária britânica dentro de Wales. Cardiff Central e Cardiff Queen Street são o mais movimentado e os principais centros da rede interna e nacional. A região de Cardiff tem a sua própria rede ferroviária urbana.

Beeching cortes na década de 1960 significa que a maioria da rede restante é voltado para viagens de leste a oeste conectar-se com as do mar da Irlanda portos para balsas para a Irlanda. Serviços entre o norte eo sul Wales operar através das cidades inglesas de Chester e Shrewsbury ao longo da Linha de Marchas de Gales.

Todos os trens no País de Gales são movidos a diesel, uma vez que não há linhas foram eletrificados. No entanto, o ramo South Wales linha principal da Grande Linha Principal Ocidental usado pelos serviços de London Paddington para Cardiff e Swansea, está passando por eletrificação. Sendo eletrificada em linhas aéreas de corrente alternada em duas partes, primeiro para Cardiff, em seguida, para oeste ao Swansea, esta será a primeira linha ferroviária electrificada comercial no País de Gales. Em 2017, a linha de Londres a Cardiff será eletrificada.

Mar

Wales é servido por quatro comerciais portos. Serviços regulares de ferry para a Irlanda operar a partir de Holyhead, Pembroke e Fishguard. O Swansea para serviço de Cork, cancelado em 2006, foi reintegrado em março de 2010, mas está novamente sob a ameaça de encerramento em 2012.

Símbolos nacionais

Prince of Wales de penas

O Bandeira de Wales incorpora o dragão vermelho ( Y Ddraig Goch ) do Príncipe Cadwalader, juntamente com as cores de Tudor de verde e branco. Ela foi usada por Henry VII na batalha de Bosworth em 1485, após o que foi realizado no estado de São Catedral de Paul . O dragão vermelho foi incluído então nos braços reais de Tudor para significar sua descida de Galês. Ele foi reconhecido oficialmente como a bandeira nacional de Galês em 1959. O britânico da bandeira de união incorpora as bandeiras da Escócia, Irlanda e Inglaterra, mas não tem representação Welsh. Tecnicamente, ele é representado pela bandeira de Inglaterra, como as Leis do País de Gales ato de 1535 anexa País de Gales para a Inglaterra, após a conquista do século 13.

O narciso eo alho-poró também são símbolos do País de Gales. As origens do alho-poró pode ser rastreada ao século 16, enquanto o narciso tornou-se popular no século 19, incentivado por David Lloyd-George. Isto é atribuído à confusão de o Galês para o alho-porro, cenhinen , e que por narciso, cenhinen Bedr ou alho-porro de São Pedro. Um relatório em 1916 deu preferência ao alho-poró, que apareceu em moedas de libra britânica.

O Príncipe de Gales ' crachá heráldico também é usado às vezes para simbolizar Wales. O emblema, conhecido como o Príncipe das penas de Gales, é composto por três penas brancas que emergem de uma coroa de ouro. Uma fita abaixo do coronet carrega o alemão divisa Ich dien ( sirvo ). Várias equipes representativas de Gales, incluindo a união de rugby galês, e regimentos de Galês do exército britânico (o Royal Welsh, por exemplo) usam o crachá, ou uma versão estilizada do mesmo. The Prince of Wales afirmou que só ele tem a autoridade para usar o símbolo.

" Hen Wlad fy Nhadau "(Inglês: terra de meus pais)é ohino nacional do País de Gales, e é jogado em eventos como futebol ou de rugby disputados pela selecção nacional País de Gales, bem como a abertura da Assembléia galesa e outras ocasiões oficiais." God Save the Queen ", o hino nacional doReino Unido, é por vezes jogou ao lado deHen Wlad fy Nhadaudurante eventos oficiais com uma conexão real.

Retirado de " http://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Wales&oldid=543582106 "