Conteúdo verificado

Harry Potter

Assuntos Relacionados: Livros infantis

Você sabia ...

Crianças SOS feita esta seleção Wikipedia ao lado de outras escolas recursos . Visite o site da SOS Children at http://www.soschildren.org/

Harry Potter
Complete set of the seven books of the
Conjunto completo de sete livros
da série "Harry Potter".
Harry Potter ea Pedra Filosofal
Harry Potter ea Câmara dos Segredos
Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban
Harry Potter eo Cálice de Fogo
Harry Potter ea Ordem da Fênix
Harry Potter eo Enigma do Príncipe
Harry Potter e as Relíquias da Morte
Autor JK Rowling
País Reino Unido
Língua Inglês
Gênero Fantasia, Thriller, Young-ficção adulta
Editor Bloomsbury Publishing (UK)
Arthur A. Levine Books (EUA) Raincoast Books (CAN)
Publicado 30 de junho de 1997 - 21 de julho de 2007
Tipo de mídia Imprimir ( capa dura e paperback)
Audiobook

Harry Potter é um série de sete romances de fantasia escrito pelo autor britânico JK Rowling . Os livros narram as aventuras do adolescente feiticeiro Harry Potter, juntamente com Ron Weasley e Hermione Granger, seus amigos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. O centro arco da história diz respeito a luta de Harry contra o feiticeiro malvado Lord Voldemort, que matou os pais de Harry em sua busca para conquistar o Mundo Mágico e subjugar as pessoas não-mágicas ( Trouxas) para o seu governo. Vários sucesso filmes derivados, jogos de vídeo e outras mercadorias temático ter sido baseado na série.

Desde o lançamento do primeiro romance 1997 Harry Potter ea Pedra Filosofal, que foi renomeado Harry Potter ea Pedra Filosofal, nos Estados Unidos, os livros ganharam popularidade imensa, a aclamação da crítica e sucesso comercial no mundo todo. Em junho de 2008, a série de livros vendeu mais de 400 milhões de cópias e foi traduzido em 67 línguas, e os últimos quatro livros têm registros consecutivamente Definir como os livros de venda mais rápida da história.

Versões de idioma Inglês dos livros são publicados pela Bloomsbury no Reino Unido, Scholastic Press nos Estados Unidos, Allen & Unwin, na Austrália, e Raincoast Books no Canadá. Até agora, os seis primeiros livros foram feitos em uma série de imagens em movimento por Warner Bros., com o sexto, Harry Potter and the Half-Blood Prince, lançado em 15 de julho de 2009. A série também se originou muito tie-in mercadoria, tornando a marca Harry Potter no valor de £ 15 bilhões. O sétimo livro vai ser feita em dois filmes lançados seis meses de intervalo.

Enredo

Os romances giram em torno Harry Potter, um órfão que descobre que ele é um bruxo com a idade de onze anos. Assistente de capacidade é inata, mas as crianças são enviadas para escola de magia para aprender as habilidades mágicas necessárias para ter sucesso no mundo bruxo. Harry é convidado a assistir a um colégio interno chamado Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Cada livro narra um ano na vida de Harry, ea maior parte dos eventos têm lugar em Hogwarts. Enquanto ele luta até a adolescência, Harry aprende a superar muitos obstáculos mágicos, sociais e emocionais.

Mundo Mágico

Flashbacks em toda a série revelam que quando Harry era um bebê, ele testemunhou o assassinato dos seus pais por Lord Voldemort que era um bruxo das trevas obcecado com pureza racial. Por razões ainda não revelou imediatamente, a tentativa de Voldemort para matar Harry rebotes. Voldemort está aparentemente morto e Harry sobrevive com apenas uma marca em forma de raio na testa como uma lembrança do ataque. Como o próprio salvador inadvertida do reinado de terror de Voldemort, Harry torna-se uma lenda viva no mundo mágico. No entanto, sob as ordens de seu patrono, o assistente Albus Dumbledore, o órfão Harry é colocado na casa de sua desagradável (Não-assistente) parentes trouxas, que o mantêm seguro, mas completamente ignorante de sua verdadeira herança.

O primeiro livro da série, Harry Potter ea Pedra Filosofal, começa perto 11º aniversário de Harry. Meio- gigante Rúbeo Hagrid revela a história de Harry e lhe apresenta o mundo bruxo. O mundo JK Rowling criou é tanto completamente separado e ainda intimamente ligado ao mundo real. Enquanto o mundo de fantasia de Nárnia é uma universo alternativo eo Senhor dos Anéis ' Terra-média um passado mítico, o Mundo Mágico de Harry Potter que existe ao lado do mundo real e contém elementos mágicos semelhantes para as coisas do mundo não-mágico. Muitas de suas instituições e locais estão em lugares que são reconhecíveis no mundo real, como Londres. É composto por uma coleção fragmentada de ruas escondidas, esquecido e bares antigos, mansões e castelos país sós isolados que permanecem invisíveis para a população não-mágico de Trouxas.

Com a ajuda de Hagrid, Harry se prepara para e compromete seu primeiro ano de estudos em Hogwarts. Enquanto Harry começa a explorar o mundo mágico, o leitor é apresentado a muitos dos locais primários utilizados ao longo da série. Harry encontra a maioria dos personagens principais e ganha seus dois melhores amigos: Ron Weasley, um membro divertir-se de uma antiga, grande, feliz, mas hard-up família de bruxos, e Hermione Granger, uma bruxa obsessivamente livresco de parentesco não-mágico. Harry também encontra mestre de poções da escola, Severus Snape, que exibe uma antipatia profunda e duradoura para ele. A trama termina com segundo confronto de Harry com Voldemort, que em sua busca pela imortalidade, anseia por ganhar o poder do Pedra Filosofal.

A série continua com Harry Potter ea Câmara dos Segredos descrevendo segundo ano de Harry em Hogwarts. Ele e seus amigos investigar um mistério de 50 anos de idade, que aparece ligada a acontecimentos sinistros recentes na escola. O romance mergulha na história de Hogwarts e uma lenda que gira em torno da "Câmara Secreta", o covil subterrâneo de um antigo mal. Pela primeira vez, Harry percebe que o preconceito racial existe no mundo dos bruxos, e ele descobre que o reinado de terror de Voldemort foi muitas vezes dirigida a wizards que eram descendentes de trouxas. Harry também fica chocada ao saber que ele pode falar Parseltongue, a língua das cobras; esta rara habilidade é muitas vezes equiparado com o artes das trevas. A novela termina após Harry salva a vida de irmã mais nova de Rony, Ginny Weasley, destruindo o diário em que Voldemort guardado um pedaço de sua alma (embora Harry não percebe isso até mais tarde na série). O conceito de armazenar parte da alma de um dentro de um objeto, a fim de evitar a morte é oficialmente introduzido no sexto romance sob o termo "Horcrux".

O terceiro romance, Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban, Harry segue em seu terceiro ano do ensino mágico. É o único livro da série que não dispõem de Voldemort. Em vez disso, Harry tem de lidar com o conhecimento que ele tem sido alvo de Sirius Black, um assassino escapou acredita ter assistido na morte dos pais de Harry. Como Harry luta com sua reação à dementadores-escuras criaturas com o poder de devorar uma alma que humano são ostensivamente proteger a escola, ele chega para Remus Lupin, um Defesa Contra as Artes das Trevas professor com um segredo obscuro. Lupin ensina Harry medidas defensivas que estão bem acima do nível da magia em geral, apresentados por pessoas de sua idade. Harry descobre que ambos Lupin e preto eram amigos íntimos de seu pai e que o preto foi moldada pelo seu quarto amigo, Peter Pettigrew.

Retornos Voldemort

Durante quarto ano de escola de Harry, detalhado na Harry Potter eo Cálice de Fogo, Harry participa involuntariamente no Torneio Tribruxo, uma competição mágica perigosa com os jovens bruxas e bruxos estrangeiros de visitar escolas. Harry tenta descobrir quem o obrigou a competir no torneio, e por quê. Uma Harry ansioso é guiado através do torneio pelo Professor Alastor Moody, que é o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas. O ponto em que o mistério é marcas desvendados turnos da série de maus presságios e incertezas em conflito aberto como as crianças estão crescendo. A novela termina com o ressurgimento de Voldemort ea morte de um estudante (Cedrico Diggory)

No quinto livro, Harry Potter ea Ordem da Fênix, Harry tem de enfrentar o Voldemort recém-ressurgiu. Em resposta ao reaparecimento de Voldemort, Dumbledore re-ativa o Ordem da Fênix, uma sociedade secreta que trabalha em casa escuro família de Sirius Black para derrotar asseclas de Voldemort e proteger alvos de Voldemort, incluindo Harry. A Ordem inclui muitos dos adultos confia Harry, incluindo Remus Lupin, Sirius Black, e os membros do Família Weasley, mas também alguns membros surpreendentes. Bons e os personagens sombrios não são tão óbvias. Apesar da descrição de Harry das atividades recentes de Voldemort, o Ministério da Magia e muitos outros no mundo mágico recuso a acreditar que Voldemort retornou.

Em uma tentativa de combater e, eventualmente, desacreditar Dumbledore, que junto com Harry é a voz mais proeminente no Mundo Mágico de tentar alertar sobre o retorno do Lorde das Trevas, o Ministério nomeia Dolores Umbridge como o High Inquisitor de Hogwarts. Ela transforma a escola por um regime ditatorial e se recusa a permitir que os alunos a aprender maneiras de defender-se contra a magia negra. Harry forma um grupo de estudo segredo para ensinar seus colegas as habilidades de nível superior de Defesa Contra as Artes das Trevas que ele aprendeu. A novela introduz Harry Luna Lovegood, uma jovem bruxa arejados, com uma tendência a acreditar em oddball teorias da conspiração. Uma profecia importantes sobre Harry e Voldemort é revelado, e Harry descobre que ele e Voldemort tem uma ligação dolorosa, permitindo Harry para ver algumas das ações de Voldemort telepaticamente. No clímax do romance, Harry e seus amigos da escola enfrentar fora contra Voldemort Comensais da Morte, que incluem a família Malfoy rico e arrogante. A chegada atempada dos membros da Ordem da Fênix salva vidas das crianças e permite que muitos dos Comensais da Morte para ser capturado e preso.

Em seu sexto ano, no Harry Potter and the Half-Blood Prince, os protagonistas já passaram os seus níveis de CORUJA e iniciar seus cursos NEWT especialista. Voldemort está conduzindo uma guerra de bruxos, que tornou-se tão violenta que até os trouxas ter notado alguns dos seus efeitos. Embora Harry e seus amigos estão relativamente protegidos contra esse perigo em Hogwarts, eles estão sujeitos a todas as dificuldades da adolescência. No início do romance, ele se depara com um antigo livro de poções preenchido com anotações e recomendações assinadas por um escritor misterioso, o Enigma do Príncipe. Enquanto os atalhos escritas no livro Harry ajuda a se destacar em poções, ele finalmente aprende a desconfiar de magias do escritor anônimo. Harry também tem aulas particulares com Albus Dumbledore, que lhe mostra várias memórias relativas ao início da vida de Voldemort. Estes revelam que a alma de Voldemort é fragmenta-se em uma série de horcruxes, itens encantados mal escondidos em vários locais. Adversário esnobe de Harry, Draco Malfoy, tenta atacar Dumbledore, eo livro culmina na morte de Dumbledore pelo Professor Snape.

Harry Potter e as Relíquias da Morte, o último livro da série, começa logo após os acontecimentos do sexto livro. Voldemort completou sua ascensão ao poder e ganha o controle do Ministério da Magia. Harry, Rony e Hermione abandonam a escola para que eles possam encontrar e destruir os Horcruxes remanescentes de Voldemort. Para garantir a sua própria segurança, bem como a da sua família e amigos, eles são forçados a se isolar. Como eles procurar as Horcruxes, o trio aprender detalhes sobre o passado de Dumbledore, assim como os verdadeiros motivos de Snape.

O livro culmina na Batalha de Hogwarts. Harry, Rony e Hermione, em conjunto com os membros da Ordem da Fênix e muitos dos professores e alunos, defender Hogwarts de Voldemort, os Comensais da Morte, e vários criaturas mágicas. Vários personagens principais são mortos na primeira onda da batalha e Voldemort retoma a sua intenção de matar Harry. Em um esforço para salvar os sobreviventes, Harry entrega-se mas a batalha recomeça como os pais de muitos estudantes de Hogwarts, os moradores da aldeia vizinha Hogsmeade e outras criaturas mágicas chegam para reforçar a Ordem da Fênix. Com a última Horcrux destruída, Harry finalmente enfrenta Voldemort. Harry oferece o Lorde das Trevas uma chance de remorso, mas Voldemort ignora isso e tenta matar Harry uma última vez; resultando na morte de Voldemort por sua própria mão. Um epílogo descreve a vida dos personagens sobreviventes e os efeitos sobre o mundo dos bruxos.

Obras complementares

Rowling ampliou o Harry Potter universo com vários pequenos livros produzidos para várias instituições de caridade. Em 2001, ela lançou Animais Fantásticos e Onde Habitam (um livro de Hogwarts suposto) e Quadribol Através dos Séculos (Harry leu um livro para se divertir). Os rendimentos da venda destes dois livros beneficiou a caridade Comic Relief . Em 2007, Rowling composta sete cópias manuscritas de Os Contos de Beedle, o Bardo, uma coleção de contos de fadas que está em destaque no último romance, um dos quais foi leiloadas para arrecadar dinheiro para Grupo de Alto Nível das Crianças, um fundo para crianças com deficiência mental nos países pobres. O livro foi publicado internacionalmente em 4 de Dezembro de 2008. Rowling também escreveu um 800-palavra prequel em 2008 como parte de uma festa beneficente organizada pelo livreiro Waterstones.

Estrutura e gênero

Os livros de Harry Potter cair dentro do gênero de literatura de fantasia; no entanto, em muitos aspectos, eles também são Bildungsromans, ou vinda de romances de idade. Eles podem ser considerados como parte dos britânicos crianças internato gênero escola, que inclui Enid Blyton de Malory Towers, St. Clare de ea Menina série vilão, e Frank Richards de Romances de Billy Bunter. Os livros de Harry Potter são predominantemente definido em Hogwarts, um internato britânico fictício para os bruxos, onde o currículo inclui a utilização de magia. Nesse sentido, eles são "em uma linha de descendência direta entre Thomas Hughes de School Days de Tom Brown e outros romances vitoriana e eduardiana de Britânico vida escolar público ". Eles também são, nas palavras de Stephen King, "contos de mistério astutos", e cada livro é construído na forma de um Sherlock Holmes de estilo aventura de mistério. As histórias são contadas a partir de um terceiro ponto de vista limitado pessoa com muito poucas exceções (como os capítulos de abertura Pedra Filosofal e Relíquias da Morte e os dois primeiros capítulos do Half-Blood Prince).

No meio de cada livro, Harry esforça-se com os problemas que ele encontra, e lidar com eles muitas vezes envolve a necessidade de violar algumas regras da escola sanções, em caso de ser apanhado, sendo punições disciplinares previstas nos regulamentos de Hogwarts (em que os livros de Harry Potter seguir muitos precedentes no internato sub-gênero). No entanto, as histórias atingem o seu clímax na período de verão, perto ou logo após exames finais, quando os eventos escalam muito além de disputas e lutas na escola, e Harry tem de enfrentar qualquer Voldemort ou um de seus seguidores, o Comensais da Morte, com as estacas uma questão de vida ou morte um ponto sublinhadas, como a série progride, por um ou mais personagens serem mortos em cada um dos quatro livros finais. Na sequência, ele aprende lições importantes através de exposição e debates com professor de cabeça e mentor Albus Dumbledore.

Na novela final, Harry Potter e as Relíquias da Morte, Harry e seus amigos passam a maior parte de seu tempo longe de Hogwarts, e só voltar lá para enfrentar Voldemort no desenlace. Completando o formato Bildungsroman, nesta parte Harry deve crescer prematuramente, perdendo a chance de um último ano como um aluno de uma escola e que necessitam para agir como um adulto, em cujas decisões todos os outros depende-os adultos incluídos.

Temas

De acordo com Rowling, o tema principal da série é a morte : "Meus livros são amplamente sobre a morte Eles abrem com a morte dos pais de Harry Há a obsessão de Voldemort com a morte e conquistar sua busca por.. imortalidade a qualquer preço, o objetivo de qualquer pessoa com mágica. Eu então entender por que Voldemort quer conquistar a morte. Estamos todos com medo dele. "

Acadêmicos e jornalistas têm muitas outras interpretações de temas nos livros, alguns mais complexos do que outros, e alguns inclusive subtextos políticos. Temas como normalidade, opressão, sobrevivência e superação chances imponentes foram todos considerados como prevalente em toda a série. Da mesma forma, o tema de fazer o nosso caminho através da adolescência e "passando por cima de uma provações-e mais angustiantes, assim, chegar a um acordo com eles" também foi considerada. Rowling afirmou que os livros compreendem "um argumento prolongado para a tolerância, um apelo prolongado pelo fim fanatismo "e que também passar uma mensagem de" autoridade e pergunta ... Não assuma que o estabelecimento ou a imprensa diz-lhe toda a verdade ".

Enquanto os livros poderia ser dito para compreender muitos outros temas, tais como alimentação / abuso de poder, amor , preconceito, e livre escolha, eles são, como afirma JK Rowling, "profundamente enraizada em toda a trama"; o escritor prefere deixar que temas "crescer organicamente", ao invés de sentar e conscientemente tentar transmitir essas idéias para seus leitores. Na mesma linha está o sempre presente o tema da adolescência, em cuja representação Rowling foi proposital em reconhecer sexualidades de seus personagens e não deixando Harry, como ela mesma disse, "preso em um estado de permanente pré-puberdade". Rowling disse que, para ela, o significado moral dos contos parece "óbvio ululante". A chave para ela era a escolha entre o que é certo eo que é fácil ", porque isso é como ... tirania é iniciada, com as pessoas sendo apático e tomando o caminho mais fácil e de repente encontrar-se em apuros. "

Origens e história editorial

Em 1990, JK Rowling estava em um trem lotado de Manchester para Londres quando a idéia para Harry de repente "caiu em sua cabeça". Rowling dá um relato da experiência em seu site dizendo:

"Eu vinha escrevendo quase continuamente desde a idade de seis anos, mas eu nunca tinha sido tão animado sobre uma idéia antes. Eu simplesmente sentei e pensei, durante quatro horas (trem atrasado), e todos os detalhes borbulhava em meu cérebro, e este magricela, de cabelo preto, menino de óculos que não sabia que ele era um bruxo se tornou mais e mais real para mim. "

Rowling completou Harry Potter ea Pedra Filosofal em 1995 ea manuscrito foi enviado para vários prospectivo agentes. O segundo agente tentou, Christopher Little, se ofereceu para representá-la e enviou o manuscrito a Bloomsbury. Depois de outras oito editoras rejeitaram a Pedra Filosofal, Bloomsbury ofereceu Rowling um adiantamento de £ 2.500 para sua publicação. Apesar da declaração de Rowling de que ela não tem qualquer especial faixa etária em mente quando começar a escrever os livros de Harry Potter, as editoras inicialmente alvo crianças de nove a onze. Na véspera da publicação, Rowling foi perguntado por seus editores a adoptar uma abordagem mais de gênero neutro nome da pena, a fim de apelar para os membros do sexo masculino nessa faixa etária, temendo que eles não estariam interessados em ler um romance que sabiam ser escrito por uma mulher. Ela optou por usar JK Rowling (Joanne Kathleen Rowling), usando o nome de sua avó como seu segundo nome, porque ela não tem nome do meio.

Harry Potter ea Pedra Filosofal foi publicado pela Bloomsbury, a editora de todos os livros de Harry Potter no Reino Unido, em 30 de junho de 1997. Ele foi lançado nos Estados Unidos em 1 de Setembro de 1998 por Scholastic-a editora americana dos livros-como Harry Potter ea Pedra Filosofal, depois de Rowling havia recebido US $ 105.000 para a direitos-americanos uma quantidade sem precedentes para um livro infantil de um autor então desconhecido. Temendo que os leitores americanos não associar a palavra "filósofo" com um tema mágico (embora o A Pedra Filosofal é relacionados com a alquimia), Scholastic insistiu que o livro ser dado o título Harry Potter ea Pedra Filosofal para o mercado americano.

O segundo livro, Harry Potter ea Câmara dos Segredos foi publicado originalmente no Reino Unido em 2 de Julho de 1998 e em os EUA em 02 de junho de 1999. Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban foi então publicado um ano mais tarde no Reino Unido em 8 de Julho 1999 e em os EUA em 08 de setembro de 1999. Harry Potter eo Cálice de Fogo foi publicado em 8 de Julho de 2000, ao mesmo tempo, Bloomsbury e Scholastic. Harry Potter ea Ordem da Fênix é o livro mais longo da série em 766 páginas na versão britânica e 870 páginas na versão dos EUA. Foi publicado em Inglês em todo o mundo em 21 de Junho de 2003. Harry Potter eo Príncipe Mestiço foi publicado em 16 de Julho de 2005, e vendeu 9 milhões de cópias nas primeiras 24 horas de seu lançamento mundial. O sétimo e último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte, foi publicado em 21 de Julho de 2007. O livro vendeu 11 milhões de cópias nas primeiras 24 horas de lançamento, quebrando a 2,7 milhões de cópias no Reino Unido e 8,3 milhões em os EUA.

Traduções

A série foi traduzida em 67 línguas, colocando Rowling entre os autores mais traduzidos na história. A primeira tradução foi em Inglês Americano , como muitas palavras e conceitos utilizados pelos personagens nas novelas podem ter sido enganosa a um público jovem americano. Posteriormente, os livros têm visto traduções para diversas linguagens como Ucraniano, ?rabe , Urdu , Hindi, Bengali , Welsh, Afrikaans , Letão e Vietnamita. O primeiro volume foi traduzido em latim e até mesmo grego antigo , tornando o trabalho mais longo publicado em grego antigo desde os romances de Heliodoro de Emesa no século 3 dC.

Alguns dos tradutores contratados para trabalhar nos livros bastante eram bem conhecidos antes de seu trabalho em Harry Potter, como Viktor Golyshev, que supervisionou a tradução russa da série 'quinto livro. O Tradução turca de livros 2-7 foi realizada por Sevin Okyay, um crítico literário popular e comentarista cultural. Por razões de sigilo, a tradução só pode começar quando os livros são lançados em Inglês; portanto, há uma defasagem de vários meses antes de as traduções estão disponíveis. Isso levou a mais e mais cópias das edições em inglês estão sendo vendidos para os fãs impacientes em países que não falam inglês. Tal foi o clamor de ler o quinto livro que a sua edição em língua Inglês tornou-se o primeiro livro em língua Inglês sempre no topo da lista dos mais vendidos na França.

A conclusão da série

Em dezembro de 2005, Rowling afirmou em seu web site, "2006 será o ano em que eu escrever o livro final da série Harry Potter." Actualizações, em seguida, em seguida ela diário online narrando o progresso da Harry Potter e as Relíquias da Morte, com a data de lançamento de 21 de Julho de 2007. O livro em si foi concluída em 11 de Janeiro de 2007, no Balmoral Hotel, Edimburgo , onde ela rabiscou uma mensagem na parte traseira de um busto de Hermes. Dizia: "JK Rowling terminou de escrever Harry Potter e as Relíquias da Morte neste quarto (652) em 11 de Janeiro de 2007."

A própria Rowling afirmou que o último capítulo do último livro (na verdade, o epílogo) foi concluído "em algo como 1990". Em junho de 2006, Rowling, em uma aparição no britânico talk show Richard & Judy , anunciou que o capítulo foi modificado como um personagem "tem um indulto" e outros dois que já sobreviveram a história tinha de fato sido morto. Em 28 de Março de 2007, a arte da capa para a Bloomsbury Adulto e Criança versões ea versão Scholastic foram liberados.

Conquistas

Impacto cultural

Multidões esperar lá fora um Loja Borders em Newark, Delaware para o lançamento à meia-noite de Harry Potter eo Enigma do Príncipe

Os fãs da série estavam tão ansiosos para o lançamento mais recente da série que as livrarias de todo o mundo começaram a realização de eventos para coincidir com o lançamento da meia-noite dos livros, começando com a publicação de Harry Potter eo Cálice de Fogo 2000. Os eventos, comumente caracterizam simulações de classificação, jogos, pintura de rosto, e outro entretenimento ao vivo têm alcançado popularidade com os fãs de Potter e têm sido altamente bem sucedida em atrair fãs e vender livros com quase nove milhões dos 10,8 milhões de cópias impressas iniciais de Harry Potter eo Enigma do Príncipe vendidas nas primeiras 24 horas. A série também reuniu fãs adultos, levando à liberação de duas edições de cada livro de Harry Potter, idêntico em texto, mas com arte da capa de uma edição dirigida a crianças ea outras destinadas a adultos. Além de atender on-line através de blogs, podcasts e sites de fãs, Harry Potter super-fãs também podem reunir-se em Harry Potter simpósios. A palavra trouxa se espalhou para além das suas origens de Harry Potter, usado por muitos grupos para indicar aqueles que não estão cientes ou não existam ainda alguma habilidade. Em 2003, trouxa, entrou no Dicionário de Inglês Oxford com essa definição. O fandom de Harry Potter tem abraçado podcasts como um regular, muitas vezes semanal, discernimento para a última discussão no fandom. Tanto MuggleCast e PotterCast ter alcançado o primeiro lugar de rankings e podcasts do iTunes foram entrevistados um dos 50 melhores podcasts favoritos.

Após o sucesso dos filmes e livros, no Outono de 2009 Universal anunciou que iria criar "Harry Potter ea Jornada Proibida" vai ser um passeio de alta tecnologia no "Mundo Mágico de Harry Potter." O Mundo Mágico de Harry Potter seria uma nova abertura área do parque temático na primavera de 2010 no Universal Orlando Resort.

Prêmios e honras

A série Harry Potter têm sido os destinatários de uma série de prêmios, desde a publicação inicial de A Pedra Filosofal incluindo quatro Whitaker Platinum Book Awards (todos os quais foram concedidas em 2001), três Nestlé Smarties Reserve Prêmios (1997-1999), dois Scottish Arts Council Book Awards (1999 e 2001), o inaugural Livro da Whitbread crianças da concessão do ano (1999), o WHSmith livro do ano (2006), entre outros. Em 2000, Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban foi nomeado para Melhor Novela no Hugo Awards, enquanto em 2001, Harry Potter eo Cálice de Fogo ganhou disse prêmio. Honras incluem um elogio para o Medalha Carnegie (1997), uma lista curta para o Prêmio Guardião Crianças (1998), e vários anúncios sobre os livros notáveis, Escolhas do editor, e listas de melhores livros do American Library Association, The New York Times, Chicago Public Library, e Publishers Weekly.

Sucesso comercial

A popularidade da série Harry Potter se traduziu em sucesso financeiro substancial para Rowling, seus editores e outros titulares de licenças relacionadas com Harry Potter. Esse sucesso fez com que Rowling a primeira e até agora única autora bilionária. Os livros já venderam mais de 400 milhões de cópias em todo o mundo e também deram origem ao popular adaptações para o cinema produzido por Warner Bros., todos os quais têm sido muito bem sucedido em sua própria direita, com a primeira, de Harry Potter ea Pedra Filosofal, ocupando a quinta posição na lista inflação não ajustada de todos os tempos de maior bilheteria de filmes e outros quatro do ranking no top 15, enquanto que todos os seis filmes lançados até agora lugar no top 25. Os filmes têm, por sua vez gerou oito jogos de vídeo e levaram ao licenciamento de mais do que 400 produtos adicionais Harry Potter (incluindo um iPod) que, a partir de 2005, fez a marca Harry Potter vale US $ 4 bilhões e JK Rowling US $ 1 bilhão fazendo-a, por alguns relatos, mais rica do que a rainha Elizabeth II . No entanto, Rowling afirmou que isso é falso.

A grande demanda por livros de Harry Potter motivou a New York Times para criar uma lista dos mais vendidos em separado para a literatura infantil, em 2000, pouco antes do lançamento de Harry Potter eo Cálice de Fogo. Até 24 de Junho de 2000, os romances de Rowling tinha estado na lista por 79 semanas consecutivas; os três primeiros romances foram cada um na lista de capa dura bestseller. Em 12 de abril de 2007, Barnes & Noble declarou que Relíquias da Morte tinha quebrado sua ficha de pré-ordem, com mais de 500.000 cópias pré-ordenada através de seu site. Para o lançamento do Cálice de Fogo, 9000 FedEx caminhões foram usados com outra finalidade que não para entregar o livro. Juntos, Amazon.com e Barnes & Noble pré-vendeu mais de 700.000 cópias do livro. Nos Estados Unidos, corrida de impressão inicial do livro foi de 3,8 milhões de cópias. Esta estatística recorde foi quebrado por Harry Potter ea Ordem da Fênix, com 8,5 milhões, que foi então abalada por Enigma do Príncipe com 10,8 milhões de cópias. 6,9 milhões de cópias do príncipe foram vendidos em os EUA nas primeiras 24 horas de seu lançamento; no Reino Unido, mais de dois milhões de cópias foram vendidas no primeiro dia. A tiragem inicial dos Estados Unidos para Relíquias da Morte foi de 12 milhões de cópias, e mais de um milhão foram pré-encomendado através da Amazon e Barnes & Noble.

As críticas, elogios e controvérsia

A crítica literária

Edições britânicas dos sete livros de Harry Potter

No início de sua história, Harry Potter recebeu críticas positivas. Na publicação, o primeiro volume, Harry Potter ea Pedra Filosofal, atraiu a atenção dos jornais escoceses, como O escocês, que disse que tinha "todos os ingredientes de um clássico", e O Glasgow Herald, que o chamou de "coisas Magic". Logo os jornais ingleses juntaram-se, com mais de um comparando-a com Roald Dahl trabalho 's: The Mail on Sunday classificado como ele como "a estréia mais imaginativo desde Roald Dahl", uma opinião ecoada por O Sunday Times ("comparações com Dahl são, neste momento, justificados"), enquanto The Guardian chamou-lhe "um ricamente texturizados romance dada a decolagem por um engenho inventivo".

Até o momento do lançamento do quinto volume, Harry Potter ea Ordem da Fênix, os livros começaram a receber fortes críticas de um número de estudiosos literários. Professor de Yale, estudioso e crítico literário Harold Bloom levantou críticas de méritos literários dos livros, dizendo: "A mente de Rowling é tão governada por clichês e metáforas mortas que ela não tem outro estilo de escrita." AS Byatt autor de um New York Times artigo op-ed chamando um universo de Rowling " mundo secundário, formado por motivos derivados patchworked de todos os tipos de literatura infantil ... escrito para pessoas cujas vidas imaginativa estão confinados a desenhos animados da TV, e os exagerados (mais emocionante, não ameaçando) Mirror-mundos de sabonetes, reality shows e fofocas de celebridades ".

O crítico Anthony Holden escreveu em The Observer em sua experiência de julgar Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban para o 1999 Prêmios Whitbread. Sua visão de conjunto da série foi negativa "a saga Potter era essencialmente paternalista, conservador, altamente derivado, deprimentemente nostálgica por uma Grã-Bretanha passada", e ele fala de "pedestres, estilo de prosa ungrammatical". Ursula Le Guin disse: "Eu não tenho grande opinião dele. Quando tantos críticos adultos estavam transportando no sobre a" originalidade incrível 'do primeiro livro de Harry Potter, eu lê-lo para descobrir o que o alarido era sobre, e permaneceu pouco intrigado, parecia fantasia de uma criança animado cruzou com um "romance escola", bons preços para a sua faixa etária, mas estilisticamente comum, derivado imaginativamente, e eticamente pouco mesquinho ".

Em contraste, autor Fay Weldon, embora admitindo que a série "não é o que os poetas que se esperam", no entanto, continua a dizer, "mas isso não é poesia, é legível, vendável, todos os dias, prosa útil". O crítico literário AN Wilson elogiou a série Harry Potter em The Times, afirmando: "Não há muitos escritores que têm capacidade de Dickens de JK para nos fazer virar as páginas, a chorar-forma aberta, com salpicos e lágrimas algumas páginas depois de rir, pelo invariavelmente boas piadas ... Temos vivido através de uma década em que temos seguido a publicação dos mais animados, mais engraçado, mais assustadoras histórias e mais comoventes das crianças já escrita ". Charles Taylor de Salon.com, que é essencialmente um crítico de cinema, teve problema com as críticas de Byatt em particular. Enquanto ele admitiu que ela pode ter "um válido cultural ponto-a-um pequenininho sobre os impulsos que nos impulsionam para tranquilizar lixo pop e longe das complexidades preocupantes de arte", ele rejeitou sua alega que a série está faltando em sério mérito literário e que deve seu sucesso apenas para as garantias de infância que ela oferece. Taylor salientou o tom progressivamente mais escuro dos livros, mostrado pelo assassinato de um colega e amigo próximo e as feridas psicológicas e isolamento social cada causas. Taylor também argumentou que a Pedra Filosofal , que dizem ser o mais alegre dos sete livros publicados, perturba as garantias de infância que as alegações Byatt estimular o sucesso da série: o livro abre com a notícia de um duplo assassinato, por exemplo.

Stephen King chamado a série "um feito de que só uma imaginação superior é capaz", e declarou "trocadilhos de Rowling, o senso one-sobrancelha-engatilhada de humor" ser "notável". No entanto, ele escreveu que, apesar da história ser "um bom", ele é "um pouco cansado de descobrir Harry em casa com sua tia e tio horrível", o início estereotipada de todos os sete livros. King também brincou dizendo que "de Rowling nunca conheceu um advérbio que ela não gosta!" Ele tem, no entanto prever que Harry Potter "vai realmente ficar teste do tempo e acabam em uma prateleira onde só os melhores são mantidos; Eu acho que Harry vai tomar o seu lugar com Alice, Huck, Frodo, e Dorothy e esta é uma série não apenas para a década , mas para as idades. "

Os impactos sociais

Embora A revista Time nomeou Rowling como um runner-up para seus 2007 Pessoa do Ano, observando o social, moral e inspiração política, ela deu seu fandom, comentários culturais nas séries têm sido mistos. Washington Post livro crítico Ron Charles opinou em julho de 2007 que o grande número de adultos que lêem o Potter série mas alguns outros livros pode representar um "bad caso de infantilismo cultural", e que o simples "bem contra o mal" é o tema da série é "infantil". Ele também argumentou "não por culpa de Rowling", a "histeria" cultural e de marketing marcado pela publicação dos livros mais tarde "treina crianças e adultos que esperar o rugido do Coliseu, um mass-media experiência que nenhum outro romance pode possivelmente fornecer ".

Bibliotecário Nancy Knapp salientou os livros 'potencial para melhorara alfabetização, motivando as crianças a ler muito mais do que faria de outra maneira Concordando sobre os efeitos motivadores, Diane Penrod também elogiou os livros 'mistura de entretenimento simples com "as qualidades de ficção literária erudita" , mas expressou preocupação com o efeito perturbador do prolíficode merchandising que acompanha os lançamentos de livros.

Jennifer Conn utilizado métodos de ensino do treinador de Snape e Quadribol Madame Hooch como exemplos do que evitar eo que emular no ensino clínico, e Joyce Campos escreveu que os livros ilustram quatro dos cinco principais temas em um típico primeiro anosociologiaclasse: "sociológica conceitos, incluindoa cultura,a sociedade, esocialização; estratificação edesigualdade social;instituições sociais; e na teoria social ".

Jenny Sawyer escreveu em 25 de julho de 2007 o Christian Science Monitor que os livros representam uma "tendência preocupante em storytelling comercial e sociedade ocidental" em que as histórias de "centro moral tem tudo, mas desapareceu de grande parte de hoje cultura pop ... depois de 10 anos, 4195 páginas e mais de 375 milhões de cópias, realização altaneiro de JK Rowling não tem a pedra angular de quase toda a literatura das crianças grandes: jornada moral do herói ". Harry Potter, Sawyer argumenta, nem enfrenta uma "luta moral", nem sofre qualquer crescimento ético, e é, portanto, "sem guia em circunstâncias em que o certo eo errado são nada menos do que preto e branco". Por outro lado Emily Griesinger descrita pela primeira vez a passagem de Harry através de Plataforma 9¾ como um aplicativo de fé e esperança, e seu encontro com o Chapéu Seletor como o primeiro de muitos em que Harry é moldada pelas escolhas que ele faz. Ela também observou a "magia mais profundo" pelo qual o auto-sacrifício da mãe de Harry protege o menino ao longo da série, e que o sedento de poder Voldemort não consegue entender.

Em 08 de novembro de 2002 Revista Slate artigo, Chris Potter Suellentrop comparou a um "trust-fundo miúdo cujo sucesso na escola é em grande parte atribuível aos presentes seus amigos e parentes prodigalizar sobre ele". Notando que na ficção de Rowling, potencial habilidade mágica é "algo que nascemos para, não é algo que você pode conseguir", Suellentrop escreveu que a máxima de Dumbledore que "É nossas escolhas que mostram o que realmente somos, muito mais do que nossas habilidades" é hipócrita , como "a escola que Dumbledore é executado valores presentes nativos acima de tudo". Em um 12 de agosto de 2007 The New York Times revisão de The Deathly Hallows , no entanto, Christopher Hitchens elogiou Rowling para "desenraizamento" sua "história Inglês escola" de precedentes literários "ligada com sonhos de riqueza e de classe e esnobismo", argumentando que ela tinha em vez criou "um mundo de democracia e diversidade juvenil".

Controvérsias

Os livros têm sido objecto de uma série de processos judiciais, decorrentes quer da reivindicações de grupos cristãos americanos que a magia nos livros promovem bruxaria entre as crianças, ou de vários conflitos sobre violações de direitos autorais e marcas registradas. A popularidade eo alto valor de mercado da série levou Rowling, seus editores, e distribuidora de filmes Warner Bros. tomar medidas legais para proteger seus direitos autorais, que incluíram a proibição da venda de Harry Potter imitações, tendo como alvo os proprietários de sites sobre o " Harry Potter " nome de domínio, e processando autor Nancy Stouffer para contrariar suas acusações de que Rowling tivesse plagiado seu trabalho. Vários religiosos conservadores afirmaram que os livros promovem bruxaria e são, portanto, inadequado para crianças, enquanto um número de críticos têm criticado os livros para a promoção de diversas agendas políticas.

Os livros também despertou controvérsias nos mundos literários e publicação. Em 1997-1998 Harry Potter ea Pedra Filosofal ganhou quase todos os prêmios do Reino Unido julgados por crianças, mas nenhum dos prêmios livro infantil julgado por adultos, e Sandra Beckett sugeriu o motivo foi esnobismo intelectual no sentido de livros que eram populares entre as crianças. Em 1999, o vencedor da Whitbread Livro da divisão de prêmio de Ano crianças foi introduzido pela primeira vez na sua lista para o prêmio principal, e um juiz ameaçou demitir-se Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban foi declarado o vencedor geral; ele terminou em segundo lugar, muito perto do vencedor do prêmio de poesia, tradução de Seamus Heaney do Anglo-saxão épico Beowulf .

Em 2000, pouco antes da publicação de Harry Potter eo Cálice de Fogo , os três anteriores de Harry Potter livros superou o New York Times ficção lista de best-seller e um terço das entradas eram livros infantis. O jornal criou uma nova tampa seção infantil divide seções infantis, incluindo ficção e não-ficção, e, inicialmente, contando apenas as vendas de capa dura. O movimento foi apoiado por editores e livreiros. Em 2004 New York Times dividir ainda mais a lista das crianças, que ainda era dominada por Harry Potter livros em seções para séries e livros individuais, e removeu as Harry Potter livros da seção de livros individuais. A divisão em 2000, atraiu condenação, louvor e alguns comentários que apresentaram vantagens e desvantagens do movimento. Tempo sugerido que, no mesmo princípio, Billboard deveria ter criado um separado " lista mop-tops "em 1964, quando os Beatles realizou o topo cinco lugares na sua lista, e Nielsen deveria ter criado uma lista jogo-show separado quando Quem Quer Ser um Milionário? dominou as classificações.

Filmes

Em 1998, Rowling vendeu os direitos de filmagem dos quatro primeiros Harry Potter livros para Warner Bros., por supostos £ 1.000.000 (1,9829 milhões dólares). Rowling exigiu o elenco principal são estritamente britânico, no entanto, permitindo a inclusão de muitos atores irlandeses como o falecido Richard Harris como Dumbledore, e para a fundição de franceses e da Europa de Leste atores Harry Potter eo Cálice de Fogo, onde personagens do livro são especificados como tal. Depois de muitos diretores incluindo Steven Spielberg , Terry Gilliam, Jonathan Demme, e Alan Parker foram considerados, Chris Columbus foi nomeado em 28 de março de 2000 como diretor de Harry Potter ea Pedra Filosofal (intitulado " Harry Potter ea Pedra Filosofal "nos Estados Unidos), com a Warner Bros. citando seu trabalho em outros filmes da família tais como Esqueceram de Mim e Sra Doubtfire como influências para a sua decisão. Depois extenso elenco, as filmagens começaram em outubro de 2000 em Leavesden Film Studios e na própria cidade de Londres, com uma produção que termina em Julho de 2001. A Pedra Filosofal foi lançado em 14 de novembro de 2001. Apenas três dias depois da Pedra Filosofal lançamento, produção para Harry Potter ea Câmara dos Segredos , também dirigido por Colombo começou, terminando no verão de 2002. O filme foi lançado em 15 de Novembro de 2002.

Chris Columbus recusou a dirigir Harry Potter eo Prisioneiro de Azkaban , agindo apenas como produtor. Diretor mexicano Alfonso Cuarón assumiu o cargo, e depois de filmar em 2003, o filme foi lançado em 4 de Junho de 2004. Devido ao quarto filme de iniciar sua produção antes do lançamento do terceiro, Mike Newell foi escolhido como o diretor de Harry Potter eo Cálice of Fire , lançado em 18 de novembro de 2005. Newell se recusou a dirigir o próximo filme, e diretor de televisão britânico David Yates foi escolhido para Harry Potter ea Ordem da Fênix , que começou a produzir em janeiro de 2006, e foi lançado em 11 de Julho de 2007. Yates também dirigiu Harry Potter eo Enigma do Príncipe , que foi lançado em 15 de julho de 2009. Em março de 2008, a Warner Bros anunciou que o capítulo final da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte , seria filmado em dois segmentos, com uma parte para ser lançado em novembro de 2010 e parte dois em julho de 2011. A produção de ambas as partes está em andamento, com Yates voltar a dirigir. As Harry Potter filmes foram top-rank sucessos de bilheteria, com cinco dos seis na lista dos 15 filmes de maior bilheteria em todo o mundo.

A opinião dos filmes são geralmente divididos entre os fãs, com um grupo preferindo a abordagem mais fiel dos dois primeiros filmes, e um outro grupo preferindo a abordagem orientada para o caráter mais estilizado dos filmes posteriores. Rowling tem sido constantemente apoio dos filmes, e avaliadas Ordem da Fênix como "a melhor ainda" na série. Ela escreveu em seu web site das mudanças na transição book-to-film, "É simplesmente impossível incorporar cada uma das minhas histórias em um filme que tem que ser mantido sob quatro horas de duração. Obviamente filmes têm restrições romances não fazer ter, limitações de tempo e orçamento; posso criar efeitos deslumbrantes contando com nada, mas a interação de minha autoria e imaginação dos meus leitores ".

Audiobooks

Os livros de Harry Potter foram todos lançados em audiolivro integral. As versões do Reino Unido são lidos por Stephen Fry e as versões norte-americanas são lidas por Jim Dale. Dale é igualmente o narrador para o disco características especiais nos DVDs.

Retirado de " http://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Harry_Potter&oldid=321848728 "